Publicidade
Entretenimento
Vida

Por trás das embalagens e das propagandas

Nutricionista indica quais alimentos guardam consigo a habilidade de unir sabor e saúde, mesmo sem ostentar estas promessas em suas propagandas 08/09/2013 às 14:56
Show 1
Segundo Cynthia Antonaccio, o fitoesterol pode redução até 10% do colesterol sanguíneo a partir do consumo de apenas 1,6 g da substância - equivalente a 2 colheres de sopa rasa de margarina enriquecida
Loyana Camelo ---

Sabe aqueles produtos milagrosos, que prometem emagrecer, baixar o nível de colesterol, melhorar unhas e cabelos... enfim, o pacote completo? Pois é, está cada vez mais raro encontrá-los nas gôndolas dos supermercados. Há uma explicação simples: estas alegações (como são chamadas as “promessas” contidas nas embalagens) estão ferranhamente restritas pelo Governo Brasileiro. Isso não quer dizer que estes produtos não existam - eles apenas não ostentam mais tais propagandas, contudo, continuam tendo propriedades ótimas para a saúde. O truque, portanto, é iniciar a caça pelos chamados alimentos funcionais.

Com propriedades além da simples nutrição, os alimentos funcionais carregam consigo um “plus” que escapa da censura acima mencionada. É o caso de leites e sucos enriquecidos com vitaminas ou pães com fibras. Segundo a nutricionista amazonense Cynthia Antonaccio, radicada em São Paulo, estes alimentos prometem e cumprem bastante - apesar de não anunciarem tais promessas em suas embalagens.

“Quem é nutricionista sabe que fibras e proteínas contêm benefícios para controle do peso, mas como não é possivel falar isso na embalagem, muitas empresas não se arriscam mais em lançar produtos desse tipo”, explicou.

Novidades

A funcionalidade dos alimentos foi um dos pilares abordados por Cynthia no evento Food e Health Ingredients South America, sediado no mês de agosto em São Paulo. A nutricionista palestrou sobre as novidades na área, chamando atenção para os fitoesteróis.

“A grande promessa são os fitoesteróis, que são substâncias naturalmente encontradas em cenouras, amêndoas e maçãs, mas que para terem efeito precisariam ser consumidas em grande quantidade . Assim, eles são extraídos de fontes naturais, isolados como ingredientes e introduzidos em produtos como margarina Pro Activ e o Acticol da Nestlé”, explica, elencando produtos como dicas.

Cynthia faz questão de frisar a importância do profissional de nutrição justamente na indicação de quais alimentos funcionais a pessoa pode e deve procurar consumir.

“É fundamental a orientação do nutricionista, pois ele vai orientar a comprar produtos funcionais para a vida moderna, que mesmo industrializados fazem bem e se adequam ao cotidiano das pessoas que não têm tempo para parar em casa e comer. O segredo está em saber escolher”, encerra.

Publicidade
Publicidade