Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2020
Vida

Produtora cultural de Manaus movimenta a cena em agosto

Artrupe Produções Artísticas prepara um espetáculo de dança para o próximo dia 23. Clipe produzido para a banda Malbec e peça teatral também são destaques



1.jpg Fragmento do videoclipe da música "Fitas Livres", da banda Malbec
14/08/2013 às 14:51

Duas novas produções culturais da amazonense Artrupe Produções Artísticas estão programadas para estrear no dia 23 deste mês: o novo videoclipe da banda Malbec e o espetáculo de dança “Viva La Zona”. O clipe será lançado na Feira da Música de Fortaleza, na capital cearense, e o espetáculo será realizado no Café Teatro Les Artistes, localizado na avenida Sete de Setembro, no Centro de Manaus.

A produção do videoclipe da música “Fitas Livres”, do grupo local Malbec, começou em janeiro e terminou no inicio de agosto. O trabalho conta a história de um casal em crise e foi a primeira experiência da produtora com video musicais.

O clipe foi pré-lançado em Manaus na Semana do Audiovisual (Seda), no último sábado (10). Para quem não viu, o diretor do projeto, Rafael Ramos, adianta que é algo bastante experimental. “Como a música fala sobre fitas, usamos isso como uma metáfora no clipe. Elas prendem o rapaz e não o deixam chegar perto da namorada. Brincamos com uma coisa lírica de sonhos, do inconsciente do rapaz”, afirma.

O resultado foi aprovado pela banda, de acordo com o vocalista Ian Fonseca. “O resultado ficou interessante, tem a pegada do que eles imaginavam. Dessa vez, somos meros espectadores, e fizemos algumas aparições ‘hitchcockianas’ a pedido deles”, brincou. Após o lançamento na Feira da Música de Fortaleza, o trabalho estará disponível no canal do Youtube da Malbec.

Dança
Previsto para estrear no mesmo dia, mas em Manaus, o espetáculo “Viva La Zona” vai retratar a vida do homem amazônico, como explica o ator e produtor cultural Danilo Reis. “São seis bailarinas abordando um pouco do homem amazônico contemporâneo, tratando aspectos homem manauara de hoje com o paradigma da floresta”, adianta.



A produção para este projeto está sendo feita desde dezembro de 2012 e a expectativa da equipe é a melhor possível. “Estamos preparando tudo com muito carinho. O espetáculo foi concebido e coreografado pela bailarina Hamyle Nobre e está muito bom”, Danilo assegura. A apresentação está marcada para as 20h no Café Teatro e terá entrada franca.

Em cartaz
Enquanto os lançamentos não chegam, a Artrupe está na ativa com o espetáculo “Casa de Inverno”. A peça estreou no dia 27 de julho e fala da relação de uma família perdida entre as identidades e afetos. “São três personagens mostrando esse dilema: a mãe, o homem e o filho”, completou Danilo Reis. As apresentações são feitas às 20h de todos os sábados no Sesc (localizado na rua Henrique Martins, Centro). A obra tem censura de 16 anos e os ingressos custam R$ 20 por pessoa.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.