Publicidade
Entretenimento
Vida

Projeto 'Cênicas Autorais' propõe debate sobre produção literária direcionada a segmentos artísticos

Lançamentos de livros, café artístico, encontro cênicos literários fazem parte da programação. Os convidados locais são Márcio Souza, Jorge Bandeira e Guilherme Gil. Os nacionais são Jussara Miller, Isabel Marques, ambas da área de dança, Zeca Ligiero, Fernando Yamamoto e César Ferrario 14/03/2013 às 08:41
Show 1
Idealizado por João Fernandes, o projeto terá a participação dos diretores teatrais locais Jorge Bandeira e Márcio Souza
Rafael Seixas Manaus, AM

Promover uma discussão sobre o nível da produção literária voltada a temas que envolvem teatro, dança e performances. Essa é a proposta do projeto “Cênicas Autorais”, idealizado por João Fernandes, diretor do Casarão de Ideias, que será realizado de 10 a 12 de abril, no Café Teatro.

Lançamentos de livros, café artístico, encontro cênicos literários fazem parte da programação. Os convidados locais são Márcio Souza, Jorge Bandeira e Guilherme Gil. Os nacionais são Jussara Miller, Isabel Marques, ambas da área de dança, Zeca Ligiero, Fernando Yamamoto e César Ferrario – todos atuam no teatro e desenvolve performances.

Segundo Fernandes, a ideia é desenvolver uma reflexão sobre a qualidade dos materiais – de teatro, dança e performances – produzidos no Estado e no País. “Vamos propor uma discussão, com o local e o nacional, porque, às vezes, temos as mesmas dificuldades. As problemáticas são muito parecidas, o problema que há no Amazonas existe no Ceará, quando se fala de investimentos. A ideia é que nesses encontros, o autor apresente os caminhos que buscou para caminhar e que podem ser utilizados na nossa realidade, para sairmos desse labirinto quando o conhecimento é direcionado às artes”, disse o criador do projeto, que é professor do curso de Teatro e Dança da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Criação

Sobre a origem do “Cênicas Autorais”, ele explicou: “Quando você vai numa livraria para comprar alguma coisa de arte e não tem, e você começa a se perguntar se não estão produzindo material ou se não temos acesso a isso. Eu, como artista, produtor, diretor da Companhia de Ideias, me preocupo que haja divulgação dessas obras artísticas, de fazer ações para a difusão e o fomento da cultura. Se pegarmos o Brasil, nós já temos déficit na leitura. Se pegarmos a leitura voltada às artes, teremos uma lacuna muito maior. Pessoas, artistas, às vezes, não querer ler e sim só viver da prática. O projeto vem mostrar que há livro de arte e que é preciso pegá-lo para ler, para agregar aos trabalhos”

Acadêmico

Como professor, ele comenta que, às vezes, cita livros e autores que seus alunos desconhecem. “Por mais que tenhamos a Internet, outros canais, o livro ainda é o meio mais utilizado, pois nem todos os títulos estão disponíveis online”, diz. Na área da dança, os materiais são mais escassos. Por exemplo, no Estado, a única publicação dedicada à temática foi escrita pelo jornalista e dançarino Guilherme Gil, há dez anos, que à época assinava como Adalto Xavier.

“Com o evento, queremos também incentivar pessoas a publicarem novos materiais. (...) A nossa própria história, nós estamos deixando de contar”, finalizou Fernandes. Alguns dos nomes  nacionais que irão participar do projeto são Jussara Miller (foto abaixo),  Zeca Ligiero (primeira foto acima) e César Ferrario (imagem acima)

Saiba +

Público

O “Cênicas Autorais” é aberto para a comunidade em geral, conforme salientou  João Fernandes. “Tudo é gratuito, aberto para toda a comunidade, não só a artística. Queremos pessoas dos cursos de Letras, Pedagogia, que trabalhem nessas áreas, e a classe artística”.

Lançamentos

Os livros a serem lançados durante o projeto “Cênicas Autorais” são “Corpo a corpo: Estudo das performances brasileiras”, de Zeca Ligiero; “A escuta do corpo”, de Jussara Miller; “Arte para quê?, de Isabel Marques; e “Novas escribas”, de César Ferrario. Os encontros cênicos literários serão realizados das 16h às 18h, os cafés artísticos às 18h30, e os lançamentos de livros  às 19h.

CULTURAL

Idealizado por João Fernandes (à direta) o projeto terá a participação dos diretores teatrais locais Jorge Bandeira (à esquerda) e Márcio Souza (acima)

Serviço

o que é: Projeto cultural “Cênicas Autorais”

onde: Café Teatro, avenida Sete de Setembro, ao lado do Basa, Centro

quando: De 10 a 12 de abril

quanto: Gratuito

Publicidade
Publicidade