Domingo, 18 de Agosto de 2019
Vida

Projeto de lei que limita meias-passagens para estudantes em eventos culturais gera polêmica

Estudantes discordam que a lei, que também cria o Estatuto da Juventude, contribua para incentivar a classe estudantil a frequentar atividades culturais



1.jpg Lei beneficia estudantes de baixa renda, mas os inclui nas meias-entradas estudantis, limitadas em 40%
28/04/2013 às 18:05

Aprovada no Senado na última semana, a lei que limita em 40% o número de meias-passagens para estudantes em eventos culturais tem gerado polêmica. Enquanto segmento empresarial comemora o que considera um avanço na legislação, estudantes discordam que a lei, que também cria o Estatuto da Juventude, contribua para incentivar a classe estudantil a frequentar atividades culturais.

O gestor do Teatro Direcional, Adriano Gobeth, explica que o governo não subsidia a outra metade da entrada que não é paga pelos estudantes, fazendo com que os ingressos subam de preço.

“Hoje não existe limite de meia-entrada na legislação, sendo que 80 a 90% dos ingressos são vendidos para estudantes. Com a aprovação da lei, a tendência é o preço dos ingressos cair em até 20%”, declarou, destacando que a medida contemplará os dois públicos: os que pagam e os que não pagam meia.

A lei também unifica as regras para a meia-entrada em todo o Brasil. Alguns estados estabeleciam essa cota em 20%. Outro ponto abordado pela lei é mais polêmico ainda: só devem ter direito ao benefício estudantes de 15 a 29 anos.

A mestranda em Letras, Jeane Alves, 32, vê a distinção com “fragmentação do conceito de estudante”. “Estudante é estudante, seja qual for sua idade. Quando você distingue dessa maneira está gerando discriminação”, critica.

Quando à restrição de 40% para a cota estudantil, a recém-graduada em Letras - Língua Francesa também vê com receio. “A medica prejudica os estudantes que não podem pagar adiantado. A pessoa que precisa ir jutando dinheiro até o show, chegando na data, já perdeu o ingresso”.

Saiba +

Além da limitação em 40% das cotas de meia-entrada, outro ponto polêmico também é abordado pela lei: só devem ter direito ao benefício estudantes de 15 a 29 anos.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.