Segunda-feira, 19 de Abril de 2021
Cultura parintinense

Projeto Puxirum reúne artistas dos mais diversos segmentos em Parintins

O projeto Puxirum foi contemplado no Prêmio Feliciano Lana, por meio da Lei Aldir Blanc, apoiado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Amazonas (SEC) e o Governo Federal



35c52b0c-6561-44ed-be44-139f3775ea3f_8A690518-9DBC-4A94-AEA2-3962AE8ECAE2.jpg Foto: Divulgação
05/02/2021 às 11:31

O parintinense é um artista multifacetado, ele trabalha em diversos segmentos, seja na dança, figurino ou música. Pensando nisso, um grupo de artistas se reuniram para criar o projeto Puxirum, uma maneira de reunir profissionais artísticos dos mais diversos segmentos na Ilha Tupinambarana.

A palavra Puxirum é originária do Tupi e significa mutirão. O projeto é coordenado pelo ator, diretor e pesquisador em Artes Cênicas, Fabiano Baraúna, e tem como colaboradores artísticos a professora e bailarina, Irian Butel, o artista plástico Geremias (Gereca) Pantoja e Erivan Tuchê na construção poética da Mostra de Artes Integradas, e foi contemplado no Prêmio Feliciano Lana, por meio da Lei Aldir Blanc, apoiado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Amazonas (SEC) e o Governo Federal.



Fabiano Baraúna contou que a ideia do projeto Puxirum surgiu com o produtor cultural Victor Kaleb e tinha o proposto de fazer trabalhos presenciais, mas teve que se adaptar com a pandemia da Covid-19.

“A ideia principal era trabalhar na Mostra com oficinas artísticas de forma presencial e com espetáculos e performances pala cidade. Com o aumento da pandemia, tivemos que nos ressignificar e adaptar quase todos os trabalhos para um formato virtual. Apenas três oficinas estão em formato presencial, com um público reduzido, a oficina de muralismo, estamparia e oficina de Teatro de Rua”, disse.

Os artistas que integram o Puxirum trabalham no Festival Folclórico de Parintins e no carnaval de São Paulo e Rio de Janeiro. Irian Butel, coordenadora artístico pedagógico, destacou que eles vão unir forças para expandir o projeto.

“Importante ressaltar que o Puxirum é uma convergência de projetos. Muitos artistas que tiveram projetos aprovados no município estão vindo somar com a gente. Eu avalio essa iniciativa de forma positiva, estamos transformando a dificuldade da pandemia em produção artística para o município”, disse.

Geremias Pantoja terá uma exposição de caricaturas no Mercado Municipal de Parintins. Ele espera uma boa receptividade por parte do público.

“A expectativa é que esse trabalho seja bem aceito, tenho certeza que vai ganhar uma dimensão muito grande. Nós temos vários artistas renomados somando conosco”, explica.

União – As atividades do projeto Puxirum estão sendo realizadas no Centro Educacional Infantil Chapeuzinho Vermelho, com aval da Secretaria Municipal de Parintins.

 

Iracema Hatta, gestora da unidade escolar, destacou a parceria firmada com o Puxirum e destacou a união de arte e educação. 

“Enquanto não acontecem as aulas presenciais, em conversa com o secretário de Educação, Azamor Pessoa, a escola está à disposição do projeto para reuniões ou produções, com uma equipe reduzida para, no máximo, seis pessoas. Acho importante a parceria Educação/Arte/Cultura e apoio o Puxirum por essa visão também”, explica.

Sobre a pandemia, Iracema ressalta que o Centro Educacional Infantil Chapeuzinho Vermelho suspendeu as aulas presenciais e destacou as aulas remotas de 2020.

“A pandemia nos impulsionou a fazer trabalhos educacionais diferenciados. Em 2020, adotamos o modo remoto, e algumas professoras entregavam as atividades na casa dos alunos de 15 em 15 dias. Se necessário esse ano adotaremos o mesmo sistema. Já fiz os grupos de pais 2021”, ressalta.

Artistas – Os profissionais que fazem parte do projeto Puxirum somam trabalhos nos bois Caprichoso e Garantido. Artistas como Algles Ferreira, Alex Salvador, Alessandro Oliveira, Élio Siqueira, Leonardo Pantoja, Rodrigo Cabral e Pedro Evangelista integram o time.

Pedro Evangelista trabalha como coreógrafo do Boi Garantido há mais de 20 anos. Com o Puxirum, ele vai estrear no segmento de Artes Visuais.

O teatrólogo Ismael Farias, um dos criadores do Grupo de Teatro UlhaJá!, vai ministrar uma oficina sobre confecção e técnicas de perna de pau.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.