Terça-feira, 11 de Maio de 2021
Arte e Cultura

Projeto ‘Roque Severino’ inicia atividades com Oficina de Criação Teatral on-line

Projeto foi contemplado Edital Prêmio Manaus de Conexões Culturais – Lei Aldir Blanc



Sem_t_tulo_F49063FF-99BE-4F0A-A858-AD64C2C3DCBD.jpg Foto: Divulgação
04/12/2020 às 12:17

 

Nesta sexta, 4/12, o projeto “Roque Severino: todo dia morre gente que nem vivia” inicia suas atividades com a Oficina de Criação Teatral por Telepresença, a partir das 18h30, por meio da plataforma Google Meet. O projeto nasceu a partir de um processo de inovação do Núcleo de Arte e Comunidade da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e conta com o apoio do Governo Federal e da Prefeitura de Manaus, por meio do Edital Prêmio Manaus de Conexões Culturais – Lei Aldir Blanc.

A Oficina de Criação Teatral em Telepresença tem como objetivo compartilhar e repassar a experiência acumulada pela equipe do projeto em dez anos de transmissão de espetáculos e performances teatrais e circenses on-line, explorando as possibilidades das transmissões ao vivo e as características das plataformas virtuais.



“Este é o tema central da oficina, mas também queremos compartilhar nossas experiências, o que a gente já montou, o que a gente já conseguiu fazer, para que possa inspirar outros artistas”, contou um dos ministrantes da oficina, o diretor cênico do espetáculo “Roque Severino”, Guilherme Carvalho, que é também criador do Portal Me Ver, pioneiro em transmissão de espetáculos on-line.

Para Carvalho, que é de Brasília e integrou a equipe do projeto a convite do Núcleo de Arte e Comunidade da UEA, este é o momento de repassar conhecimentos e criar intercâmbio entre grupos e artistas com interesse na mesma área, ou que já tenham um pouco de experiência ou vontade de ter experiências.

A oficina é gratuita e aberta a todos os interessados, em especial para quem tem interesse nas linguagens cênicas e quer experimentar e investigar novas possibilidades de se trabalhar com as artes na web. Os interessados ainda podem realizar suas inscrições pelo Portal Me Ver, pelo link www.mever.com.br.

Os oficineiros responsáveis pela atividade são Amanda Ayres (atriz, coordenadora do Arte e Comunidade e professora de Teatro da UEA), Guilherme Carvalho (diretor da obra e coordenador do Portal Me Ver), Mariana Libório (atriz do grupo Drummond na Parada), Davi Lopes (ator do grupo Drummond na Parada) e Ítalo Almeida (ator do coletivo Os Contadores de Histórias).

“A Oficina de Criação Teatral por Telepresença surge pelo desejo de democratizar o acesso ao fazer da produção artística, neste processo de isolamento, porque a gente compreende que é muito importante trabalhar com a formação de coletivos e compreender maneiras de entender processos coletivos, mantendo todas as formas de prevenção e cuidado com a saúde física e mental e, ao mesmo tempo, descobrindo maneiras de continuar produzindo arte”, ressaltou a coordenadora do projeto, Amanda Ayres, que também é atriz, teatróloga e professora da UEA.

“Roque Severino”

O projeto “Roque Severino: todo dia morre gente que nem vivia” busca multiplicar, através de oficinas de formação, os processos e procedimentos de criação teatral pesquisados e desenvolvidos pela equipe juntamente a escolas da rede municipal e estadual, comunidades locais, centros de formação artística e companhias amazonenses. Além disso, o projeto tem como objetivo difundir o teatro local ao palco mundial por meio do ambiente digital.

“É importante destacar que o projeto Roque Severino entende a arte como um motor de giro social e transformação ambiental, permitindo empoderar os artistas criadores e multiplicar os procedimentos teatrais com o mínimo de recursos”, destacou Amanda.

A segunda atividade realizada pelo projeto será a Oficina de Iniciação Teatral, que acontece na próxima quarta-feira, 9, às 18h30, também por transmissão on-line. A oficina é ministrada por Gislaine Pozzetti, Francenilza Viana, Mariana Libório, Davi Lopes, Victória Muller, Jackeline Monteiro, Ítalo Almeida e Vitor Lima. As inscrições já estão abertas e também podem ser realizadas pelo site mever.com.br.

O projeto culmina no espetáculo de mesmo nome, que será transmitido on-line entre 16 a 20 de dezembro. A obra é uma adaptação dos textos “Morte e Vida Severina”, de João Cabral de Melo Neto, e “Berço do Herói”, de Dias Gomes, e acompanha a história de Santo Roque, herói morto em combate.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.