Publicidade
Entretenimento
SUPERAÇÃO

Publicitário conta como perdeu 100 kg em um ano sem uso de remédios ou cirurgia

Fabiano relata toda a história de sua vida repleta de sedentarismo e o processo por trás de sua drástica perda de peso no recém-lançado livro 'A Aposta: As Motivações que Encontrei para Perder mais de 100 kg' 10/09/2017 às 15:04 - Atualizado em 11/09/2017 às 15:07
Show publicit rio
Juan Gabriel Manaus (AM)

Em meados de 2014, o publicitário baiano Fabiano Lacerda pesava algo em torno de 193 kg. O peso era um empecilho até para as mais simples das tarefas diárias. “Não conseguia fazer atividades como passar em lugares estreitos tipo balcões ou mesmo passar da catraca no ônibus”, diz Fabiano. A grande guinada na vida do baiano natural de Salvador veio graças a uma aposta com colegas do escritório: Perder 60 quilos em seis meses. O resultado? 103 quilos pra conta em um ano.

Fabiano relata toda a história de sua vida repleta de sedentarismo e o processo por trás de sua drástica perda de peso no recém-lançado livro “A Aposta: As Motivações que Encontrei para Perder mais de 100 kg”. Lá, o publicitário também dá dicas motivacionais para pessoas que se encontram em situação semelhante a qual enfrentou.

A ideia de reunir o relato veio com a popularidade nas redes sociais. No Instagram, Fabiano acumula 50 mil seguidores que acompanham as dicas e o cotidiano do publicitário. “Decidi relatar quando eu percebi que estavam se espelhando em mim e poderia mudar a vida de outras pessoas. Levei quase um ano e dois meses produzindo o livro e costumo comparar isso ao processo de perder os 103 kg”

Passados quase três anos desde o inicio da aposta, Fabiano conta que até então não encarava com seriedade o seu estado corporal, principalmente pelo fato de não ter tido problemas graves de saúde. No escritório, os amigos resolveram testar Fabiano por meio de uma aposta ousada. “Começaram a me colocar em provas, me desafiando e eu negando até um dia em que até meu pai entrou na aposta. Como se transformou em uma boa quantia, resolvi entrar pelo dinheiro”, conta o publicitário que não revela o valor, mas o compara ao preço de um carro popular.

O inicio do processo veio com a decisão de mudar de vez o estilo de vida. Entrou em contato com nutricionista, fisioterapeuta e personal trainer e iniciou os exercícios com curtas caminhadas “No começo eram 15, 20 minutos. O tempo foi passando e fui até conseguir correr 5 quilômetros”, revela.

Fabiano perdeu o suficiente para vencer a aposta ainda no quinto mês, mas o que era pra ser motivo de felicidade ainda era incômodo. Com 130 quilos, resolveu seguir por conta própria até sair da casa dos três dígitos. “Eu comecei a me questionar o que eu queria, se eu estava realmente pela grana ou pelo estilo de vida. Quando percebi que a grana não era nada perto da minha vida resolvi continuar”, conta ele que atualmente disputa maratonas de até 36 quilômetros.

Dicas

Encarar todo esse processo de forma natural, apenas com mudanças na alimentação e na rotina de exercícios, envolve uma serie de desafios também no lado psicológico. Fabiano dá dicas para encarar cada parte do processo (início, meio e fim) de maneira a se aproveitar o máximo.

Início – Iniciar novos hábitos nunca é fácil. Para essa etapa, a dica de Fabiano é criar rotinas. “O que acontece é que no começo, foi identificado que eu não tinha um hábito de manter alimentação e atividades físicas. No primeiro mês a meta era adquirir isso. O que eu posso dar de dica pra quem quer mudar é que não basta ir forte ou rápido, tem que ir sempre”, revela.

Meio – Nessa parte do processo, alguns quilinhos já foram embora. Contudo, a empolgação dos primeiros dias ou o conformismo em ter atingido 50% da meta começam a ser um empecilho. “No meio do caminho a gente quer parar, descansar ou se permitir na dieta. Eu comecei com caminhadas, fiquei quase dois meses só caminhando e a dica que eu dou é manter permanência”, diz Fabiano.

Final – Finalmente o corpo dos sonhos surgiu. As roupas já entram com mais folga e a disposição aumentou. Nessas horas, mas difícil que o processo de perder peso é o de manter a nova silhueta. A dica de Fabiano para esta parte é o autoconhecimento. “Hoje me libero mais. A dica que eu dou pra quem quer permanecer é que a pessoa conheça seus limites, se acha que pode tomar refrigerante, tome, mas tome sabendo que vai ser cobrado lá na frente e esteja disposto a pagar”.

Serviço

O quê Livro “A Aposta: As Motivações que Encontrei para Perder mais de 100 kg”

Autor Fabiano Lacerda

Onde Comprar www.fabianolacerda.com

Valor R$35 (impresso) e R$7 (versão digital)

Publicidade
Publicidade