Quinta-feira, 18 de Abril de 2019
publicidade
PETS_LUXO.jpg
publicidade
publicidade

PETS

Quanto custa ter um animal de estimação?

Donos não medem dinheiro para oferecer qualidade de vida para cães e gatos. Aprenda dicas de como economizar


09/04/2017 às 13:25

Ração, vacinas, banho e tosa, petiscos, brinquedos... Os gastos podem assustar quem ainda planeja ter um animal de estimação. Dependendo do dono, a lista pode ganhar alguns itens, como roupinhas, alimentação especial, cosméticos e acessórios luxuosos, como bolsas — de deixar até seres humanos com inveja.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), para ter um cão o tutor gasta, em média, de R$ 216,50 (animal pequeno) a R$ 411,32 (animal grande). Já as despesas com os felinos chegam a R$ 121 mensais. Entre os itens principais estão: ração, gastos com veterinário, vacinas, vermífugos e banhos.

“Somando tudo, acho que já gastei, em média, R$ 400 por mês, incluindo a vacinação e alguns remédios anti-carrapato. Ele está tomando a última dose da vacina de gripe, que não é obrigatória, mas como ele gosta de tomar banho de chuva, achei melhor dar”, diz Francirley Rodrigues, dono de Luke, um Poodle Doodle marrom de seis meses.

O engenheiro de produção está com o companheiro há quatro meses, mas faz questão de tratá-lo como filho. Além de muito cafuné, o peludo passeia diariamente, ganha biscoitos, sempre toma banho no pet shop e, tem a própria cama comprada especialmente para ficar no quarto. “Fixo, por mês, dá uma média de R$ 200, sem contar imprevistos”, afirma.

Essencial

Já a publicitária Raísa Cruz Lima, não economiza com os gatos Alpina e Brie, de 6 anos e 1 ano, respectivamente. Os dois vira-latas adotados somam o investimento mensal de R$ 400. Para ela, o valor é para garantir qualidade de vida, sem luxos ou itens desnecessários. O mais importante da lista, declara, é a ração de qualidade.

“Gasto a média de R$ 200 por mês com cada um, considerando ração, sachê, um banho, areia e um brinquedo simples. Levo ao veterinário duas vezes ao ano — caso não haja emergência — para consultas de rotina, acompanhamento e vacinas”, diz. “Faço questão de dar ração de qualidade, às vezes, frutas, trocar sempre a areia e manter a saúde deles em dia”, completa.

Na opinião dela, não é preciso muito para garantir o essencial aos felinos, que se divertem com caixas de papelão e sacolas. “Tento não exagerar em itens materiais. O mais importante é a atenção, o carinho e a dedicação. E, com certeza uma boa ração, sachês (que eles amam) e areia sempre limpa”, conclui.

Dicas para economizar

Orçamento: coloque as despesas mensais na “ponta do lápis”;

Pesquise: com a correria do dia-a-dia, os tutores não costumam ter tempo de procurar petshops com o melhor preço. Alguns apps e sites podem ajudar, como o Pet Booking;

Tenha uma reserva: guarde uma pequena quantia por mês para ser usada em casos de emergências;

Fique de olho na saúde: a prevenção é a melhor forma de economizar, portanto, não deixe de vaciná-lo e consulte-o com o veterinário regularmente;

Alimentação: se a idéia é economizar com a ração, compre grandes embalagens ou procure um atacado; mas atenção à validade e armazenamento dos produtos;

Recicle: cães e gatos adoram brincar e uma boa alternativa é o famoso “faça você mesmo”; aproveite roupas velhas, novelos, caixas de papelão e elabore brinquedinhos.

publicidade
publicidade
Casal abre startup que oferece assinatura de ração para cães e gatos em Manaus
Carnaval em Manaus terá bloco para pets com concurso de fantasia e premiação
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.