Domingo, 26 de Maio de 2019
CRIME

Rapper Nipsey Hussle , indicado ao Grammy, é assassinado a tiros em Los Angeles

O jornal Los Angeles Times afirmou que o assassinato 'provavelmente foi planejado e está relacionado com as gangues'. Estrelas como Rihanna e Drake lamentaram a morte do rapper



000_1FA15R_29F9A4F4-1F13-4923-8A66-EEDFBC5AA459.jpg
(Foto: AFP)
AFP
01/04/2019 às 10:27

O rapper Nipsey Husslem, indicado ao Grammy, foi assassinado a tiros em Los Angeles, em um incidente que o prefeito da cidade atribuiu à "violência sem sentido das armas".

A imprensa informou que Hussle, de 33 anos, foi baleado na frente de sua própria loja de roupas no domingo à tarde por um homem que fugiu em um carro.

"Nossos corações estão com os entes queridos de Nipsey Hussle e todos aqueles afetados por esta horrível tragédia", tuitou o prefeito Eric Garcetti.

Um porta-voz da polícia afirmou à AFP que o suspeito continua foragido e que duas pessoas ficaram feridas.

"L.A. sofre profundamente cada vez que se perde uma vida jovem para a violência sem sentido das armas", destacou Garcetti.

O jornal Los Angeles Times afirmou que o assassinato "provavelmente foi planejado e está relacionado com as gangues".

Hussle, que na juventude se envolveu com a cultura das gangues de Los Angeles, tuitou poucas horas antes de sua morte que "ter inimigos fortes é uma bênção". 

O rapper fez pouco sucesso comercial, mas era adorado por seus colegas.

"Se foi muito cedo", afirmou o rapper Snoop Dogg no Instagram. "Estou tão triste neste momento que vou apenas refletir sobre os bons momentos que tivemos".

A estrela Rihanna afirmou que "isto não faz sentido". O rapper Drake também lamentou a morte.

Nipsey Hussle foi indicado ao Grammy de melhor álbum de rap por "Victory Lap", seu primeiro trabalho formal, mas perdeu para Cardi B.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.