Publicidade
Entretenimento
MÚSICA

Rapper paulista Yannick Hara lança o primeiro videoclipe de 2018

Faixa ‘Também Conhecido Como Afro Samurai Remix’ ganha curta-metragem cheio de efeitos e participações especiais 23/02/2018 às 11:11 - Atualizado em 27/02/2018 às 09:01
Show 65
acritica.com

O rapper paulistano Yannick Hara lança mais um vídeo de uma das faixas do EP “Também Conhecido Como Afro Samurai”. Desta vez, a faixa-título versão remix, última música do trabalho, ganhou um clipe cheio de efeitos e participações especiais. 

Gravado em estúdio, o vídeo apresenta os dançarinos Danilo Martins e Dartlita Double-Lock em performances intercaladas com a presença do próprio artista. O cenário alterna as cores azul, vermelha e branca, gerando uma sensação de drama e suspense, como sugere a letra.

 Na concepção da música, Yannick conta com a participação de Dieguito Reis (Vivendo do Ócio) e Petrus (OI Darth Bastard). O remix tem uma pegada trap, com uma roupagem eletrônica e mais pesada do que a original. A faixa apresenta, ainda, novas rimas, que lembram uma apresentação de Freestyle. 

O vídeo é o sexto de uma séria de oito. “Pretendo lançar clipe de todas as faixas do EP até o final de 2018”, explica Yannick. O trabalho é totalmente inspirado no mangá e anime Afro Samurai, cujo o enredo narra a saga de um samurai negro chamado Afro que busca vingar a morte do pai, assinado por Justice.

 YANNICK

Nascido e criado no centro de São Paulo, Yannick é um rapper independente que não segue os padrões tradicionais do gênero. Enquanto a maioria dos MCs falam do dia a dia nas periferias, críticas ao sistema ou - até mesmo - sobre amor, festas e luxo, Yannick busca inspiração em mangás, animes e a cultura geek para escrever suas letras. Pouco a pouco, o artista vem crescendo e conquistando respeito do público e da crítica. Com o EP Também Conhecido Como Afro Samurai, por exemplo, realizou mais de 40 apresentações e uma apresentação no Estúdio Showlivre, um dos principais palcos da música independente brasileira. O EP ganhou um resenha no blog Collectors Room de Florianópolis (SC), além de destaque no site Nação da Música, Rap Nacional Download (RND). Concedeu entrevista para o Portal R7, MonkeyBuzz, Revista Arte Brasileira, The Trend Killers e para o canal Yo Ban Boo. A pedido do Jornal Metro SP, o rapper resenhou a edição “Hip Hop Genealogia” que revê primórdios do gênero. Lançou o clipe de A Maldição da Bandana, com exclusividade pela Billboard Brasil, e o curta Afro vs Justice em parceria com o Omelete. Concedeu entrevista para o R7 e, também, lançou o clipe Luto Por Você pelo Portal. Participou do programa Manos e Minas (TV Cultura). Fez parte da coletânea "O Mundo Ainda Não Está Pronto - Um Tributo ao Pato Fu", projeto que reuniu vários artistas de vários gêneros para homenagear os 25 anos da banda mineira. Yannick, junto com Camila Brumatti, fez a faixa "Eu Ando Tendo Sorte". Em dezembro de 2017, cantou a faixa “Luto por Você” no programa do Ratinho (SBT) no quadro Dez ou Mil.

 *Com informações da assessoria de comunicação.

Publicidade
Publicidade