Sábado, 18 de Setembro de 2021
Carnaval

Rede Calderaro renova contrato de transmissão do Carnaval de Manaus

A mudança de data acontece de forma estratégica, a fim de alcançar mais pessoas, ter mais visibilidade e se tornar referência de desfile para outros estados



show_carnaval_0725CDF9-C6DA-4554-8933-CDD18931285B.jpg Foto: Divulgação
19/07/2021 às 20:25

A Rede Calderaro de Comunicação (RCC) renova contrato de transmissão, com as oito escolas de samba de Manaus por mais cinco anos. Já são quatro anos consecutivos que a TV A Crítica leva aos telespectadores os desfiles no sambódromo, agora, além do estado do Amazonas, outras capitais do Brasil poderão contemplar a apresentação, por meio das filiadas, com um diferencial este ano, a antecipação da data para o conhecido sábado magro de carnaval, uma semana antes do acostumado . 

A mudança de data acontece de forma estratégica, a fim de alcançar mais pessoas, ter mais visibilidade e se tornar referência de desfile para outros estados. A medida foi adotada pelos presidentes das escolas de samba, após reuniões para definir a retomada do Carnaval 2022. 

“O carnaval com certeza vai ter um grande ‘upgrade’, pois com a mudança de data sairemos do olho do furacão. Quero dizer que antes o nosso carnaval acontecia juntamente com o de São Paulo e Rio de Janeiro, querendo ou não, ficava apagado. Agora com a mudança de data teremos mais visibilidade, principalmente com o apoio da Rede Calderaro de Comunicação e seu grande alcance", disse o presidente da Mocidade Independente de Aparecida, Luiz Pacheco. 



O presidente da Rede Calderaro de Comunicação (RCC), Dissica Calderaro, destacou a felicidade com esse momento, pois através da renovação do contratado pode reafirmar o compromisso com tudo que o carnaval traz, inclusive a movimentação na economia. 

“A gente está em festa, muito agradecidos aos presidentes das escolas de samba por confiar no nosso trabalho. Vamos dar o máximo como sempre para mostrar nossa cultura, não só para o Amazonas, mas para todas as cidades que hoje recebem o sinal da TV A Crítica. Então seguimos em frente com muita alegria, muito tambor, tamborim e muita festa”, enfatizou. 

Expectativas 

De acordo com o número de alcance das plataformas da TV A Crítica, é esperado que 15 milhões de pessoas acompanhem simultaneamente o desfile de carnaval no sambódromo. O presidente da Mocidade Independente de Aparecida, Luiz Pacheco, informou que as expectativas para o próximo ano são as melhores. 

“São tantos pontos que valem ser destacados, como o crescimento no turismo, em hotéis, restaurantes, motoristas de aplicativos. O carnaval é uma das festas culturais brasileiras que mais emprega, oferece e adquire matéria. Estimulamos o comércio e consequentemente as indústrias. É exatamente disso que o Brasil vai precisar em 2022”, declarou.

Há um ano sem carnaval, por conta da pandemia da Covid-19, muitas pessoas que dependiam dos lucros do carnaval, ficaram sem sua fonte de renda. O ano seguinte é visto como uma forma de recuperar esse dano causado.  

“As autoridades precisam entender que o carnaval gera centenas de milhares de empregos. Quando se emprega uma costureira, você está empregando mais cinco pessoas da família dela que passam por dificuldades. Então, ano que vem, se Deus quiser, muitas pessoas irão se reestruturar graças a essa festa”, informou, o presidente da Grande Família, Luiz Gilberto.

Foto: Arlesson Sicsu

 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.