Terça-feira, 15 de Outubro de 2019
Vida

Rede Cinépolis anuncia programação do Projeto Cinema de Arte em Manaus

Com duas mostras de filmes premiados e inéditos, os organizadores esperam fixar Manaus no circuito dos festivais de cinema



1.jpg Sessões serão realizadas nos Shoppings Ponta Negra e Millenium sempre nos horários de 15h30 e 19h30
08/05/2015 às 16:57

Há pouco mais de 2 meses em desenvolvimento no circuito da rede Cinépolis do Brasil, o Projeto Cinema de Arte, após estabelecido em 5 cidades do Nordeste (Fortaleza, Natal, Recife, João Pessoa e Salvador), chega à Manaus em dois complexos: o Cinépolis Millenium Shopping e o Cinépolis Shopping Ponta Negra. A iniciativa chega com o apoio da Aliança Francesa Manaus e da Calm Comunicação.

De 14 a 27 de Maio, os dois complexos irão exibir 14 filmes, entre produções nacionais e estrangeiras, premiadas no Brasil e no exterior. Todos os filmes serão pela primeira vez exibidos na cidade. Na semana de 14 a 20, cada Shopping exibirá sete produções, as quais se inverterão nos complexos Cinépolis na semana seguinte. Sessões serão realizadas nos Shoppings Ponta Negra e Millenium sempre nos horários de 15h30 e 19h30.



É com o Projeto Cinema de Arte que o Cinépolis está promovendo uma ousada e pioneira mudança no modelo exibidor brasileiro, com a inserção de filmes de arte, as produções elogiadas pela crítica e premiadas em festivais de Cinema no Brasil e no exterior, e que geralmente não chegam ao circuito manauara. Com isso, o Cinepolis estabelece a formação de plateia e cinéfilos que a partir de agora terão a chance de acompanhar as grandes criações do Cinema.

A seleção, efetuada pelo curador do Cinema de Arte, o jornalista e Crítico de Cinema Pedro Martins Freire, destaca realizações premiadas produções brasileiras como “Cássia Eller”, de Paulo Henrique Fontenele, “A História da Humanidade”, de Camilo Cavalcante, “Branco Sai Preto Fica”, de Adirley Queirós, e “Permanência”, de Leonardo Lacca, ainda inédito nos cinemas brasileiros.

Entre os selecionados estrangeiros constam o premiado drama polonês “Ida”, de Pavel Pawlikowski, ganhador de 68 prêmios, entre eles o Oscar, do Bafta e do Grande Prêmio do Cinema Europeu; o argentino “Relatos Selvagens”, de Dámin Szifrón; o sueco “Força Maior”, de Ruben Ostlaund; e o premiadíssimo documentário chileno-francês “Nostalgia da Luz”, de Patricio Guzman.

Há ainda produções elogiadas pela crítica e sucesso de público como os britânicos “Um Fim de Semana em Paris”, de Roger Michel, e “O Dançarino do Deserto”, de Richard Raymond; os franceses “Se Fazendo de Morto”, de Jean-Paul Salomé, e “Um Amor em Paris”, de Marco Fitouissi, e duas produções estadunidenses independentes, “O Amor é Estranho”, de Ira Sachs, e “Um Momento Pode Mudar Tudo”, de George C. Wolfe. O site do projeto traz informações sobre todos os filmes.

"Para nós, da Aliança Francesa, é motivo de grande orgulho de fazer parte desse projeto é saber que teremos também mais filmes franceses em exibição na cidade.”, encerrou a Diretora do centro cultural, Luciana Cavalcanti.

Programação

Semana de 14 a 20 de maio

Mostra 1/Cinépolis Ponta Negra

Dia 14 – PERMANÊNCIA (Brasil, 2015), de Leonardo Lacca

Dia 15 – O AMOR É ESTRANHO, (EUA, 2014), de Ira Sachs

Dia 16 – CÁSSIA ELLER (Brasil, 2014), de Paulo Henrique Fontenele

Dia 17 – UM AMOR EM PARIS (França, 2013), de Marc Fitoussi

Dia 18 – IDA (Polônia, 2014), de Pavel Pawlikowski

Dia 19 – RELATOS SELVAGENS (Argentina, 2012), de Dámin Szifrón

Dia 20 – O DANÇARINO DO DESERTO (Inglaterra, 2015), de Richard Raymond

Mostra 2/Cinépolis Millenium

Dia 14 - UM FIM DE SEMANA EM PARIS (França, 2014), de Roger Michel

Dia 15 – BRANCO SAI PRETO FICA (Brasil, 2014), de Adirley Queirós

Dia 16 – FORÇA MAIOR (Suécia, 2014), de Ruben Ostlund

Dia 17 – SE FAZENDO DE MORTO (França, 2014), de Jean-Paul Salomé

Dia 18 - UM MOMENTO PODE MUDAR TUDO (EUA, 2015), de George C. Wolfe

Dia 19 – A HISTÓRIA DA ETERNIDADE (Brasil, 2015), de Camilo Cavalcante

Dia 20 – NOSTALGIA DA LUZ (Chile-França-Espanha-Alemanha. 2010), de Patrício Guzmán

Semana de 20 a 27 de maio (mostras se invertem)

Mostra 1/Cinépolis Millenium

Dia 21 – O DANÇARINO DO DESERTO (Inglaterra, 2015), de Richard Raymond

Dia 22 – PERMANÊNCIA (Brasil, 2015), de Leonardo Lacca

Dia 23 – UM AMOR EM PARIS (França, 2013), de Marc Fitoussi

Dia 24 - CÁSSIA ELLER (Brasil, 2014), de Paulo Henrique Fontenele

Dia 25 - IDA (Polônia, 2014), de Pavel Pawlikowski

Dia 26 - RELATOS SELVAGENS (Argentina, 2012), de Dámin Szifrón

Dia 27 - O AMOR É ESTRANHO (EUA, 2014), de Ira Sachs

Mostra 2/Cinépolis Ponta Negra

Dia 21 - SE FAZENDO DE MORTO (França, 2014), de Jean-Paul Salomé

Dia 22 – A HISTÓRIA DA HUMANIDADE (Brasil, 2015), de Camilo Cavalcante

Dia 23 – UM MOMENTO PODE MUDAR TUDO (EUA, 2015), de George C. Wolfe

Dia 24 – UM FIM DE SEMANA EM PARIS (França, 2014), de Roger Michel

Dia 25 - FORÇA MAIOR (Suécia, 2014), de Ruben Ostlund

Dia 26 – BRANCO SAI PRETO FICA (Brasil, 2014), de Adirley Queirós

Dia 27 – NOSTALGIA DA LUZ (Chile-França-Espanha-Alemanha. 2010), de Patrício Guzmán


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.