Publicidade
Entretenimento
Vida

Reinvenção da MTV: canal aposta em séries para se reerguer

Produções como “Teen Wolf”, “Awkward” e “Finding Carter” ajudam a emissora a conquistar novos telespectadores 07/09/2014 às 10:06
Show 1
O drama “Finding Carter” estreou em julho e já é um sucesso
Gabriel Machado ---

A sigla MTV é a abreviação para Music Television (ou televisão musical, numa tradução livre) e reforça aquele que seria o ingrediente principal do canal norte-americano criado em 1981: a música. Entretanto, de uns anos para cá, em função do papel que a Internet passou a assumir no lançamento de singles e videoclipes, a emissora perdeu audiência e deixou de ser vitrine para artistas e bandas. Esse cenário acabou fazendo com que a MTV apostasse numa reinvenção de sua grade, desapegando-se um pouco da música e mirando em outro elemento de bastante força da cultura pop atual, as séries de TV.

A decisão não só deu certo, como acabou se tornando a nova cara do canal nos Estados Unidos, que debutou os seus primeiros seriados em 2011: “Skins” e “Teen Wolf”. Enquanto o primeiro, uma adaptação da aclamada série britânica de mesmo nome, foi um fiasco na audiência e acabou sendo cancelado após 10 episódios, o segundo se tornou um sucesso instantâneo. Levemente baseado no filme homônimo de 1985, “Teen Wolf” tem como personagem central o jovem Scott McCall (Tyler Posey), um estudante do ensino médio e socialmente excluído que é mordido por um lobisomem enquanto vagava pela floresta. Scott tenta manter uma vida normal, ao mesmo tempo em que esconde de todos a sua vida secreta como uma criatura sobrenatural. A produção foi a primeira da emissora a conseguir uma média de 2,1 milhões de telespectadores em geral, feito que carrega até os dias atuais, quando se prepara para a sua quinta temporada. No Brasil, ela é exibida pelo canal pago Sony.

A boa recepção de “Teen Wolf” acabou abrindo as portas para que outros seriados chegassem à MTV, que, no mesmo ano, estreou a “dramédia” “Awkward”. Exibida no País pela versão “brazuca” do canal, a série conta a história de uma estudante invisível, JennaHammilton (Ashley Rickards). Após sofrer um acidente bizarro, todos começam a pensar que Jenna é uma garota suicida e, assim, a garota começa a ganhar um certo tipo de popularidade. Tudo se complica quando Jenna se apaixona pelo garoto mais popular da escola, MattyMcKibben (BeauMirchoff), que, para não ser ridicularizado, passa a namorá-la às escondidas. No último mês, a produção ganhou sinal verde para o seu quarto ano.

Temas polêmicos

As mais novas “queridinhas” da emissora têm como tema principal tópicos mais polêmicos – disfarçados com o humor água com açúcar do canal. Em “Faking It”, que chega à MTV Brasil em outubro, as melhores amigas Karma e Amy sonham em ser populares no colégio e, para isso, fingem ser lésbicas. Ao perceber que a farsa deu certo e que elas passam a ser populares, as duas precisam continuar fingindo que formam um casal. Mas, enquanto Amy começa a pensar que está mesmo apaixonada pela amiga, Karma passa a ficar com um garoto, Liam, em segredo. A média de audiência do seriado, em sua primeira temporada, foi de 1,4 milhão de telespectadores por episódio, retendo quase 90% do público de “Awkward” (nos EUA, as produções são exibidas na mesma noite). Como se não bastasse, “Faking It” entra constantemente no Top 10 de seriados com mais engajamento nas redes sociais pelos fãs. O bom resultado já garantiu à série uma segunda temporada.

Outra produção da emissora que em breve deverá aterrissar por aqui é “Finding Carter”. Na trama, Carter é uma jovem adolescente cuja vida é virada de cabeça para baixo quando descobre que a mulher que ela pensava ser sua mãe, Lori, a havia sequestrado quando era uma criança – uma coisa meio Nazaré Tedesco, de “Senhora do Destino”. Agora, Carter retorna à sua família biológica e deve navegar através de sua nova vida, enquanto tenta se encontrar com Lori. O seriado estreou na MTV americana em julho deste ano e já é um fenômeno entre o público jovem do país. Com média de 1,2 milhões na audiência, “Finding Carter” já foi renovada pelo canal. No Brasil, a série deverá estrear em janeiro de 2015.

Shows originais na MTV Brasil

Assim como nos Estados Unidos, a MTV Brasil também passa por mudanças em sua programação. Entre as novidades do canal para este semestre estão as produções 100% nacionais “Rota Explosiva”, com os apresentadores do “MTV Esporte”; e “Adotada”, reality show com Maria Eugênia, ex-jurada do “Papito in Love”.

Em “Rota Explosiva”, Deco Neves e Lucas Steegman caem na estrada atrás de aventuras. Em um ônibus exclusivo, que possui até pista de skate, a dupla fará um pit stop em vários municípios do Rio de Janeiro e São Paulo, na companhia de convidados especiais. A produção já estreou na emissora e é exibida todas as quintas-feiras, às 20h30 (horário de Manaus).

Já em “Adotada”, a ex-namorada do Supla vai viver por uma semana com famílias de estilos bem diferentes. Um amigo produtor de moda vai ajudar Maria Eugênia a montar os mais engraçados looks, que vão variar de acordo com cada família. O reality deve estrear ainda este mês no canal.

Além destas novidades, a MTV vai continuar a transmitir seriados de sucesso, como “The Vampire Diaries”, “The Originals”, “Tomorrow People” e “The 100” – estas duas últimas debutando na emissora.

Próximos lançamentos

Uma das apostas da MTV para o próximo ano é a adaptação para TV da franquia de terror “Pânico”. Segundo o site Bloody Disgusting, o piloto da produção explora um vídeo que foi parar no YouTube e se tornou viral. Ele causa problemas para a protagonista, Audrey, que se vê em meio a um assassinato e uma cidade com um passado conturbado. De acordo com a publicação, ainda, as “regras” dos filmes de terror será o centro do seriado, assim como foi para a quadrilogia no cinema.

Publicidade
Publicidade