Quarta-feira, 15 de Julho de 2020
Teatro

Relações pessoais dão a tônica do espetáculo 'Ensaio de Despedida', do Ateliê 23

A obra começou a ser construída durante a Mostra Inútil, primeiro experimento do Ateliê. O enredo também se baseia em histórias de relacionamentos dos próprios integrantes da companhia, além de ter recortes de filmes importantes para o diretor, como “Closer” e “Comer, Rezar, Amar”.



b0807-31f.JPG Os atores Thaís Vasconcelos e Taciano Soares vivem o casal em crise (Fotos: Fabiele Vieira/Div)
07/02/2017 às 05:00

Uma casa com móveis encaixotados, sem determinar ao público se alguém vai chegar ou se alguém vai sair, é o cenário do espetáculo teatral “Ensaio de Despedida”, que estreia nesta sexta (10), na sede da companhia Ateliê 23. Dirigida por Eric Lima, a montagem traz a história de um casal em várias fases d relacionamento. “Nesse momento, eles passam por um conflito, que não afirma se eles estão se separando ou não. Nós deixamos isso para o público decidir”, declara o diretor da obra.

A obra começou a ser construída durante a Mostra Inútil, primeiro experimento do Ateliê. Isso determinou as alças de pesquisa que nortearam o espetáculo. “Ele faz parte dessa pesquisa que temos sobre relacionamentos, sobre modernidade líquida, amores líquidos, o que tem a ver com a obra do escritor Bauman”, destaca Eric. O enredo também se baseia em histórias de relacionamentos dos próprios integrantes da companhia, além de ter recortes de filmes importantes para o diretor, como “Closer” e “Comer, Rezar, Amar”.



A cenografia do espetáculo nada mais é que uma sala com móveis, caixas e um ar de mudança, deixando no ar a possibilidade de chegada ou de partida, artifício este equilibrado pelo diretor. “É quase um lugar de trânsito para essa perspectiva”, pontua Lima. A sonoplastia é autoral, composta por uma música instrumental tocada no teclado, feita pelo próprio diretor. “A melodia é úma só, mas que usamos de forma diferente em diversos momentos”, declara Eric, lembrando que o espetáculo, fragmentado antes ao tempo de 25 minutos, precisou ser ampliado para dar corpo à história.

Discussão

O ator Taciano Soares, que interpreta o parceiro, afirma que a depressão nos relacionamentos e a frustração de estar com alguém que não está com você na mesma medida são os caminhos colocados por ele e a atriz Thaís Vasconcelos em cena. “Fazemos um retrospecto de como foram os nossos relacionamentos, criamos um canal mais direto de ligação com o espectador. O texto é muito fragmentado, não construído cronologicamente, e até para a atuação é difícil acessar”, assegura Soares.

Embora a montagem trate de um tema muito comum às pessoas, tal cronologia do espetáculo não corresponde à mesma que as pessoas costumam ter nas relações de suas vidas. “Porque o espetáculo começa na separação do casal, e no meio dele as pessoas se conhecem, após o momento da traição. Entramos no quesito sobre o que é traição para ambos, porque vivemos essa questão de repensar modelos e relações”, destaca Taciano.

A peça traz elementos como o casamento, a separação, tecnologia e celular como símbolos da história. Para Thaís Vasconcelos, que interpreta o par do personagem de Taciano, “Ensaio de Despedida” está muito próximo da vida de muitos casais. “A gente construiu o espetáculo baseado nessa experiência. A interpretação será muito naturalista, porque acaba sendo a voz do Taciano e a voz da Thaís falando sobre isso. É muito gratificante”, encerra ela.

Serviço

O quê: “Ensaio de Despedida”, do Ateliê 23

Quando: Sexta (10), às 20h. O espetáculo ficará em cartaz em todas as sextas de fevereiro

Onde: Sede do Ateliê 23 (Rua Tapajós, 166, Centro)

Quanto: R$ 15 (meia)


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.