Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019
Vida

Rodrigo Braga participa do Mesa de Luz em Manaus

Artista visual apresenta trabalhos recentes e conversa com público em evento promovido pelo grupo Escrita da Luz



1.jpg Rodrigo Braga utiliza principalmente a linguagem fotográfica para explorar as relações entre homem, fauna e natureza, entre outras temáticas
08/06/2013 às 12:22

O fotógrafo e artista visual Rodrigo Braga é o convidado da próxima edição do projeto Mesa de Luz – Fotografia em P&B e A Cores, que acontece no próximo dia 14, às 19h, no Espaço Thiago de Mello da Saraiva Megastore. Numa palestra seguida de bate-papo com o público, ele deverá apresentar alguns de seus trabalhos mais recentes, além de produções hoje em andamento.

“Tenho trabalhos que venho criando na Amazônia desde 2010, quando venho fazendo andanças pela região de Anavilhanas e do rio Negro”, comenta o fotógrafo, que nasceu na capital amazonense, em 1976, mas teve sua criação no Recife. “Minha formação é mais de lá, mas tenho tentado revisitar esse lugar que é a minha origem. Tenho trabalhado e me apaixonado. Estou cada vez mais interessado pela região”, declara.



Produção artística
No Mesa de Luz, Braga vai retomar a apresentação de seus trabalhos do ponto de onde parou no seu primeiro encontro com o público local, no 2º Festival Manaus Bem na Foto, em 2011. Nesse conjunto se incluem trabalhos como “Tonus”, que expôs na recente Bienal de Artes em São Paulo, no ano passado. “Esse é um trabalho composto por fotografias e vídeos. Para ele fiz gravações com imagens que captei aqui em Manaus, no Rio e em Pernambuco, que são os lugares que eu frequento hoje”, destaca o artista.

Braga, que veio a Manaus como participante do Lab Verde: Experimentações Artísticas na Amazônia, aproveita o encontro com o público para fazer o lançamento de “Ciclos alterados”, catálogo que abrange criações de Rodrigo Braga produzidas ao longo dos últimos anos. A obra traz textos do crítico e curador de arte Paulo Herkenhoff.

Circuito nortista
Apesar da pouca relação com o Norte, Braga compartilha da visão de alguns especialistas de que a fotografia e o circuito do segmento na região têm características peculiares: “O circuito local me parece bem articulado. Há pessoas que fazem as coisas acontecerem, e mesmo que talvez não atinja um público expressivo, ao menos há um forte diálogo entre os fotógrafos. E há a luz e a textura únicas da Amazônia”.Fotos: Rodrigo Braga/Divulgação e ReproduçãoRodrigo Braga utiliza principalmente a linguagem fotográfica para explorar as relações entre homem, fauna e natureza, entre outras temáticas.

lab verde
Um dos selecionados do Lab Verde, Rodrigo Braga participa de evento promovido pelo projeto no dia 15, sábado, a partir das 9h, no Parque do Mindu. Ao lado de Felipe Cidade, Fernanda Rappa e Lívia Pasqual, ele participa de abertura da exposição, seguida de seminário e visita guiada. A entrada é franca.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.