Publicidade
Entretenimento
PRÊMIO

'Roma' e 'A Favorita' recebem dez indicações cada ao Oscar 2019

O romance musical 'Nasce uma Estrela' e a biografia de Dick Cheney 'Vice' receberam oito indicações cada, enquanto o blockbuster do super-herói 'Pantera Negra' foi indicado em sete categorias.  22/01/2019 às 12:26
Show filmes 8582e1c2 09bb 46a5 903c 825bc0310be4
AFP

"Roma", o drama do cineasta mexicano Alfonso Cuarón inspirado em sua própria vida, e o drama sobre a realeza "A Favorita" receberam 10 indicações ao Oscar de 2019 nesta terça-feira (22).

O romance musical "Nasce uma Estrela" e a biografia de Dick Cheney "Vice" receberam oito indicações cada, enquanto o blockbuster do super-herói "Pantera Negra" foi indicado em sete categorias. 

Até agora, a temporada de prêmios vem surpreendendo, laureando uma ampla gama de filmes. 

O enorme sucesso de "Roma" entra na história da gigante do streaming Netflix, que conquista assim sua primeira indicação a melhor filme, melhor diretor e melhor atriz. 

O filme em preto e branco ainda conseguiu indicações para melhor atriz coadjuvante, melhor filme estrangeiro e outras categorias técnicas. 

Contudo, "A Favorita" surpreendeu pelo volume de indicações. Embora as do trio de estrelas - Olivia Colman, Emma Stone e Rachel Weisz - fossem praticamente certas, não esperava-se que o longa concorresse em tantas categorias. 

"Nasce Uma Estrela", a mais nova versão do clássico romance musical, concorrerá na maioria das grandes categorias, com indicações para três dos quatro prêmios de atuação - Bradley Cooper, Lady Gaga e Sam Elliott. 

Surpreendentemente, Cooper não foi indicado em sua estreia como diretor, apesar de ter recebido indicações do Globo de Ouro e do Sindicato de Diretores.

Ao todo, oito longas concorrem a melhor filme: "Roma," "A Favorita", "Nasce uma Estrela", "Infiltrado na Klan", do Spike Lee, "Bohemian Rhapsody", a biografia do Queen, "Vice", biografia satírica de Dick Cheney, "Green Book - O Guia" e "Pantera Negra".

Este último também fez história como o primeiro filme de super-herói a ser indicado nesta categoria. 

"Green Book" recebeu cinco indicações ao Oscar e avançou na corrida pelo prêmio neste fim de semana, quando foi reconhecido como melhor filme pelo Sindicato dos Produtores.

Em 20 de 29 ocasiões o premiado por este sindicato também levou o Oscar de melhor filme, inclusive "A Forma da Água", no ano passado. 

- Sem anfitrião -

No ano passado, a temporada de premiações foi marcada pelo escândalo de Harvey Weinstein e pelo nascimento dos movimentos #MeToo e Time's Up contra a má conduta sexual e o assédio sexual no local de trabalho. 

Neste ano, O Oscar também é afetado por várias controvérsias - nenhuma delas relacionado à bomba do ano passado. 

Em agosto, a Academia - que estava sendo criticada por ser muito elitista - anunciou que acrescentaria um prêmio de "melhor filme popular". Mas a iniciativa foi interpretada por muitos como um prêmio para blockbusters, como "Pantera Negra", que os manteria fora de disputa em grandes categorias. O plano foi cancelado um mês depois. 

Mais tarde, o ator e comediante Kevin Hart foi indicado a anfitrião do Oscar - mas por apenas alguns dias. Ele se retirou após virem à tona tuítes homofóbicos que ele havia escrito anos atrás e provocaram uma reação violenta nas mídias sociais.

Sem nenhuma estrela interessada em assumir este posto, a Academia optou por seguir em frente sem um anfitrião. 

Los Angeles, Estados Unidos | AFP | terça-feira 22/01/2019 - 12:36 UTC-3 | 764 palavras

Por Laurent BANGUET / Javier TOVAR

"Roma", o drama do cineasta mexicano Alfonso Cuarón inspirado em sua própria vida, e o drama sobre a realeza "A Favorita" receberam 10 indicações ao Oscar de 2019 nesta terça-feira (22).

O romance musical "Nasce uma Estrela" e a biografia de Dick Cheney "Vice" receberam oito indicações cada, enquanto o blockbuster do super-herói "Pantera Negra" foi indicado em sete categorias. 

Até agora, a temporada de prêmios vem surpreendendo, laureando uma ampla gama de filmes. 

O enorme sucesso de "Roma" entra na história da gigante do streaming Netflix, que conquista assim sua primeira indicação a melhor filme, melhor diretor e melhor atriz. 

O filme em preto e branco ainda conseguiu indicações para melhor atriz coadjuvante, melhor filme estrangeiro e outras categorias técnicas. 

Contudo, "A Favorita" surpreendeu pelo volume de indicações. Embora as do trio de estrelas - Olivia Colman, Emma Stone e Rachel Weisz - fossem praticamente certas, não esperava-se que o longa concorresse em tantas categorias. 

"Nasce Uma Estrela", a mais nova versão do clássico romance musical, concorrerá na maioria das grandes categorias, com indicações para três dos quatro prêmios de atuação - Bradley Cooper, Lady Gaga e Sam Elliott. 

Surpreendentemente, Cooper não foi indicado em sua estreia como diretor, apesar de ter recebido indicações do Globo de Ouro e do Sindicato de Diretores.

Ao todo, oito longas concorrem a melhor filme: "Roma," "A Favorita", "Nasce uma Estrela", "Infiltrado na Klan", do Spike Lee, "Bohemian Rhapsody", a biografia do Queen, "Vice", biografia satírica de Dick Cheney, "Green Book - O Guia" e "Pantera Negra".

Este último também fez história como o primeiro filme de super-herói a ser indicado nesta categoria. 

"Green Book" recebeu cinco indicações ao Oscar e avançou na corrida pelo prêmio neste fim de semana, quando foi reconhecido como melhor filme pelo Sindicato dos Produtores.

Em 20 de 29 ocasiões o premiado por este sindicato também levou o Oscar de melhor filme, inclusive "A Forma da Água", no ano passado. 

- Sem anfitrião -

No ano passado, a temporada de premiações foi marcada pelo escândalo de Harvey Weinstein e pelo nascimento dos movimentos #MeToo e Time's Up contra a má conduta sexual e o assédio sexual no local de trabalho. 

Neste ano, O Oscar também é afetado por várias controvérsias - nenhuma delas relacionado à bomba do ano passado. 

Em agosto, a Academia - que estava sendo criticada por ser muito elitista - anunciou que acrescentaria um prêmio de "melhor filme popular". Mas a iniciativa foi interpretada por muitos como um prêmio para blockbusters, como "Pantera Negra", que os manteria fora de disputa em grandes categorias. O plano foi cancelado um mês depois. 

Mais tarde, o ator e comediante Kevin Hart foi indicado a anfitrião do Oscar - mas por apenas alguns dias. Ele se retirou após virem à tona tuítes homofóbicos que ele havia escrito anos atrás e provocaram uma reação violenta nas mídias sociais.

Sem nenhuma estrela interessada em assumir este posto, a Academia optou por seguir em frente sem um anfitrião. 

É claro que, na noite do Oscar, o foco será revertido para os indicados e para o glamour do tapete vermelho. 

Na categoria de melhor ator, Christian Bale parece estar à frente na disputa com seu retrato misterioso de Cheney em "Vice".

Mas a vitória de Rami Malek no Globo de Ouro por seu trabalho como Freddie Mercury em "Bohemian Rhapsody" colocou ele no páreo. Viggo Mortensen ("Green Book - O Guia") e Bradley Cooper ("Nasce uma Estrela") também concorrem à estatueta, ao lado de Willem Dafoe ("No Portal da Eternidade"), que pode ser um azarão.

Glenn Close parece liderar a disputa de melhor atriz, após levar o Globo Ouro e o Critics' Choice por "A Esposa," no qual interpreta a mulher de um escritor cujo casamento entra em crise após ele receber um prêmio Nobel. 

Mas Gaga e Olivia Colman, que interpresa a rainha Anne em "A Favorita," estão no páreo, bem como a revelação de "Roma" Yalitza Aparicio e Melissa McCarthy ("Poderia me perdoar?").

Na categoria de ator coadjuvante, Elliott enfrentará a estrela de "Green Book", Mahershala Ali, que levou para casa um Globo de Ouro. 

Para melhor atriz coadjuvante, Regina King ("If Beale Street Could Talk") vai concorrer com Stone e Weisz. 

"Roma" é o grande favorito para melhor filme estrangeiro. Ele competirá com "Cafarnaum" (Líbano), "Guerra Fria" (Polônia), "Nunca Deixe de Lembrar" (Alemanha) e "Assunto de Família" (Japão). 

As indicações foram anunciadas na madrugada desta terça-feira pelos atores Tracee Ellis Ross e Kumail Nanjiani.

Publicidade
Publicidade