Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
DECORAÇÃO

Ter um bar em casa é mais útil e agradável, principalmente em tempos de crise

A opção de projetar um barzinho em casa ou no apartamento, do seu jeito, é a alternativa de unir o útil ao agradável.



1100060.jpg A iluminação adequada valoriza e destaca ainda mais o ambiente. Escolha pensando nisso. (Fotos: Reprodução/ Internet)
03/07/2016 às 05:45

Reunir os amigos para um happy hour em casa parece ser mais confortável e econômico, principalmente em tempos de crise. A opção de projetar um barzinho em casa ou no apartamento, do seu jeito, é a alternativa de unir o útil ao agradável. Na reportagem, A CRÍTICA traz dicas para você planejar o botequim à sua maneira.

A família da jornalista Patrícia Ferreira é uma das adeptas da opção. Segundo ela, como o padrasto Harry Fenick é chileno, e é cultural em seu país  ter bares em casa, ele não poderia abrir mão do espaço, quando veio para o Brasil. “Os móveis são feitos sob medida. No bar, instalado na sala de estar, temos vinhos chilenos, servidos sempre em datas comemorativas”, conta.   

Na casa da empresária Francisca Cavalcante, 38, montar o próprio espaço foi a opção mais cômoda para reunir a família, amigos e até para curtir um momento mais intimista com o esposo, que segundo ela, sempre gosta de confraternizações. “Meu esposo prefere uma boa cerveja, mas temos whisky, vinhos tinto e branco, numa estante para o ambiente ganhar destaque”, compartilha. 

De acordo com o arquiteto Marco Araújo, é preciso planejar cada detalhe para definir o que melhor se adequa ao espaço. “Tudo é pensado de acordo com o gosto e a necessidade do cliente. Verificam-se as possibilidades e colocamos o projeto em ação”, disse. 

Para ele, é preciso ter um pouco de cuidado e preocupação quanto às bebidas. “Elas precisam ser guardadas no local ideal, pois cada uma tem um destino certo. Se o cliente gosta de vinho, o melhor é uma adega. Quanto as bebidas quentes o ideal é guardá-las e não expor. As cervejas merecem uma cervejaria”, recomenda Marco. 

Indispensáveis

Segundo a arquiteta e urbanista Renata Scherer, um espaço bem dimensionado para armazenar os acessórios, utensílios, taças, copos e garrafas deitadas ou em pé é indispensável. “Para os amantes de vinho é preciso prever espaço para encaixar uma adega climatizada que está disponível em diversos tamanhos no mercado. Para dar aquele charme a mais, uma bela bandeja não pode faltar. Uma iluminação adequada valoriza e destaca ainda mais o ambiente”, orienta Scherer.

Conforme o espaço disponível na casa ou apartamento do cliente, as mesas, cadeiras e banquetas (destaque) deixam o ambiente ainda mais aconchegante. Além da opção da bancada com espaço para colocar as bebidas em baixo, e o aparador. O frigobar e a máquina de gelo não podem ficar de fora. 

Local ideal

De acordo com Renata, há inúmeras maneiras de montar um barzinho em casa. “Podemos usar um aparador, carrinhos próprios para bar ou até mesmo uma estante na sala, onde podem ser previstos os espaços para adegas climatizadas, garrafas, taças, copos e acessórios”, disse. 

Para ela, que já desenvolveu diversos projetos de barzinhos em casa, muitas pessoas gostam de barzinhos com balcão americano, mas para essa opção é preciso dispor de mais espaço.
A escolha do local ideal depende muito da rotina dos moradores da residência. Ou seja, se costumam ou não receber os amigos e família com frequência para confraternizar.

O ambiente pode ser elaborado na sala, circulação, hall de entrada ou na varanda gourmet. A última opção, na opinião do arquiteto Marco, é a mais adequada, pois recebe melhor os acessórios e móveis descritos na reportagem.

Serviço

Arquiteto Marco Araújo

Contato: 99128-0212  

Arquiteta Renata Scherer

Contato: 3648-6529
 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.