Publicidade
Entretenimento
MÚSICA

Samba e bossa nova abrem fim de semana com música brasileira no Teatro Amazonas

Outra peça famosa da música brasileira que entra no repertório é “Na Cadência do Samba”, também conhecida por seu verso inicial “Que Bonito é” 02/03/2017 às 13:38 - Atualizado em 03/03/2017 às 09:40
Show amazonas
Amazonas Band (Foto: Divulgação/SEC)
acritica.com Manaus (AM)

Ainda no ritmo do Carnaval, samba e bossa nova voltam ao palco do Teatro Amazonas nesta sexta-feira (3), a partir das 20h, com a Amazonas Band, que apresentará o concerto Arranjadores Brasileiros, com entrada franca, para reverenciar o mais tradicional dos ritmos do Brasil! E pra quem perder a edição deste domingo, o concerto terá uma segunda apresentação na terça-feira (07), também a partir das 20h.

A apresentação, que é parte das comemorações dos 120 anos de uma das casas de espetáculos mais famosas do Brasil, traz peças de compositores brasileiros, como Zuzuca, Luiz Bandeira e Djavan, arranjadas por diferentes artistas. “Vamos fazer um passeio por diferentes épocas da Música Popular Brasileira, mostrando um pouco do que os principais arranjadores do Brasil fizeram ao longo desses anos”, explica o maestro Rui Carvalho, regente da Amazonas Band.

Obras como a famosa Linha de Passe, de João Bosco, e Pra Quê Chorar, de Vinícius de Morais, estão no repertório do concerto, bem como o Samba Dobrado, de Djavan, Coisa Nr. 10, de Moacyr Santos, e Tristeza, de Haroldo Lobo. Composta em parceria com Nilton de Souza, Tristeza foi lançada em 1965 e regravada por cantores famosos, como Elis Regina, Jair Rodrigues, Toquinho e Vinícius de Morais.

Outra peça famosa da música brasileira que entra no repertório é Na Cadência do Samba, também conhecida por seu verso inicial, Que Bonito É. De autoria de Luiz Bandeira, a música também foi usada como prefixos e fundos musicais para cenas de futebol nos famosos jornais cinematográficos, produzidos por Carlos Niemeyer nos anos 50 e 60.

Para mais informações sobre outras ações, projetos e atividades desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Cultura, acesse facebook.com/culturadoamazonas e o Portal da Cultura (www.cultura.am.gov.br).

Publicidade
Publicidade