Publicidade
Entretenimento
Vida

Samuel Benchimol é um dos homenageados da mostra “Pioneiros & Empreendedores”

A exposição apresentará a história do fundador do grupo amazonense Bemol/Fogás, e as trajetórias de outros 23 pioneiros de várias regiões brasileiras 05/06/2013 às 09:09
Show 1
Jacques Marcovitch é professor da Faculdade de Economia, Administra-ção e Conta-bilidade da Universidade de São Paulo (FEAUSP)
Gabriel Machado ---

“Usar informações do passado para projetar o futuro”. De acordo com a antropóloga Maria Cristina Oliveira Bruno, esse é o principal objetivo da exposição “Pioneiros & Empreendedores: A Saga do Desenvolvimento no Brasil”, a ser lançada na tarde de hoje, a partir das 15h, no Centro Cultural Palácio da Justiça (Avenida Eduardo Ribeiro, nº 833, Centro).

A mostra itinerante, que já passou pelas cidades do Rio de Janeiro e Fortaleza, é baseada na trilogia homônima de livros, escrita pelo professor Jacques Marcovitch, e retrata a história de alguns dos homens responsáveis pelo desenvolvimento econômico do País, desde a época do império até os dias de hoje. “Trata-se de reconciliar a história do Brasil com o pioneirismo empresarial. Esse é um projeto essencialmente educativo, que procura despertar na juventude o espírito empreendedor inspirado por homens e mulheres que superaram adversidades e foram ao encontro do desconhecido”, explicou o educador.

Em Manaus, a exposição apresentará a história do professor universitário e empresário Samuel Benchimol, fundador do grupo amazonense Bemol/Fogás, e as trajetórias de outros 23 pioneiros de várias regiões brasileiras estudados por Marcovitch. “O Samuel foi um homem que começa a desenvolver empresas, se dedica mais tarde à pesquisa e se torna um líder comunitário. Ele representa no Norte um exemplo de pioneirismo, alguém que ajudou a transformar o cenário da região”, apontou o professor.

Para Maria Cristina, ainda, Samuel possui um perfil bastante singular em relação aos outros homenageados na mostra. “Além de um empresário, ele também foi um cientista, uma pessoa dedicada às letras e à universidade. Ele é o único, entre todos os biografados, que tem esse perfil”, completou a antropóloga.

INTERAÇÃO

A tecnologia é uma das marcas de “Pioneiros & Empreendedores: A Saga do Desenvolvimento no Brasil”, que utiliza mesas táteis, efeitos de luz e áudio, computadores e outros recursos para transportar os visitantes ao momento da história em que viveram os personagens da exposição. Dividida em cinco módulos, a mostra chega a simular um diálogo virtual - com a sincronia de imagens e som -, onde todos os pioneiros e empreendedores apresentam seus pontos de vista a respeito de questões econômicas que marcaram a história do Brasil.

“A partir dos livros de Marcovitch, nós começamos a desenvolver um roteiro expositivo, pensamos nesses módulos e, em cada um deles, nós tivemos uma intenção. Depois fomos trabalhando isso com toda a equipe, educadores e especialistas na parte da tecnologia eletrônica, pois tinhamos o interesse de chegar a uma proposta educacional”, destacou Maria Cristina. A exposição ficará aberta ao público entre os dias 6 de junho e 4 de agosto, de terça-feira a sábado, das 10h às 17h, e aos domingos, das 17h às 21h.

Serviço

O que é: “Pioneiros & Empreendedores: A Saga do Desenvolvimento no Brasil”

Onde: Centro Cultural Palácio da Justiça

Quando: entre os dias 6 de junho e 4 de agosto.

Publicidade
Publicidade