Sábado, 25 de Maio de 2019
Música

SEC abre venda de ingressos e anuncia a programação do Festival Amazonas de Ópera

Evento, que acontece de 26 de abril a 30 de maio, celebra o centenário de nascimento do maestro e compositor amazonense Cláudio Santoro com estreia da versão revisada de 'Alma' e recital



WhatsApp_Image_2019-04-03_at_10.55.52_AB82094F-0C93-4F03-A574-7F4F223B9472.jpeg
O secretário da SEC Marcos Apolo Muniz, na coletiva de imprensa do lançamento do FAO, nesta terça-feira (Caetaninha Cavalcante/Divulgação SEC)
03/04/2019 às 12:00

Está aberta a bilheteria para a compra de ingressos do Festival Amazonas de Ópera. Em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 3, no Palácio da Justiça, o secretário de estado da Cultura Marcos Apolo Muniz anunciou a programação da 22ª edição do FAO, que acontece de 26 de abril a 30 de maio, e terá cinco óperas, além de recitais e projetos itinerantes. 

A Ópera em concerto Ernani, de Giuseppe Verdi, abre a programação no dia 26 de abril, às 20h, no Teatro Amazonas. "A partir de agora, a bilheteria está aberta. Por meio de nova plataforma criada pela SEC,  é possivel comprar os ingressos no portal bilheteriadigital.com/teatroamazonas ou pelo aplicativo Cultura.AM. Os valores não sofreram alteração e são os mesmos do ano passado", informou o secretário. 

Na ocasião também foi lançado o novo portal cultura.am.gov.br, para facilitar o acesso do público às informações sobre as ações e eventos desenvolvidos pelo órgão.

CLAUDIO SANTORO

Este ano o Festival Amazonas de Ópera celebra o centenário de nascimento do compositor e maestro amazonense Claudio Santoro com a apresentação da Ópera Alma, dias 26, 28 e 30 de maio, no Teatro Amazonas e com o Recital Bradesco de canções compostas por Santoro, no dia 29 de maio do Teatro da Instalação. 

"O Festival está muito eclético este ano. Além da importante homenagem a Claudio Santoro, com a estreia da nova edição de Alma, temos Tosca (Giacomo Puccini), um título que faz muito sucesso; repertório de todas as casas de ópera", comentou o diretor artístico adjunto do FAO Marcelo de Jesus.

Outra novidade é que pela primeira vez o evento será transmitido nacionalmente, em uma parceria da TV Cultura local com a TV Cultura de São Paulo.

A perspectiva é que a produção do FAO 2019 gere uma média de 500 empregos diretos e envolva cerca de mil pessoas, entre contratados, Corpos Artísticos da SEC e equipes dos Teatros Amazonas e da Instalação. O patrocínio é do Bradesco.

 

*Confira outras informações na matéria completa que será publicada no caderno Bem Viver da edição impressa e digital exclusiva para assinantes no dia 4 de abril.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.