Publicidade
Entretenimento
Vida

Segunda edição da Brasil Comic Con reúne nomes mundiais da cultura pop e geek, em São Paulo

Profissionais da indústria do entretenimento estavam presentes no evento, ilustradores da Marvel e DC Comics puderam conversar e tirar fotos com fãs brasileiros 18/11/2014 às 15:49
Show 1
David Gorder, produtor dos filmes “X-Men”, conversa com os participantes do evento
GABRIEL MACHADO* São Paulo (SP)

A poucos dias da 2ª “Brasil Comic Con”, foi anunciado que Elvira, a grande atração da edição, não poderia comparecer ao mega-evento de cultura pop que aconteceu no último final de semana, em São Paulo, no moderno Centro de Eventos Pro Magno (Zona Oeste da capital). Após a perda da legendária, imortalizada pela atriz norte-americana Cassandra Peterson, muito se contestou, principalmente nas redes sociais, a respeito do sucesso da feira que, pela primeira vez, ganharia uma edição solo no Brasil - ano passado, o evento estreou somente como um espaço no tradicional “Anime Friends”.

Ao final do segundo dia da “Brasil Comic Con”, porém, seus organizadores puderam respirar aliviados. Por mais que tenha sido sentida, a ausência da Rainha das Trevas não comprometeu em nada o êxito do evento: no total, mais de 14 mil pessoas, de todas as idades, lotaram os dois andares do centro de convenção. “A feira nasceu no ano passado, numa forma ‘embrionária’, para a gente testar se esse mercado de cultura pop americana e oriental valia a pena. Como o resultado foi muito positivo, tanto por parte do público quanto da mídia, começamos a trabalhar nessa edição solo da ‘Brasil Comic Con’”, conta Geninhu, um dos organizadores do evento. “Em 2015, a feira será ainda maior e melhor”, promete.

Inspirada na famosa “Comic Con” de San Diego, nos Estados Unidos, a edição reuniu atores, diretores, roteiristas, dubladores e quadrinistas do universo geek, que fizeram a alegria dos fãs ao participarem de palestras, baterem fotos e distribuírem autógrafos. No agitado line-up do evento, que contou com mais de 20 atrações nacionais e internacionais, o destaque ficou por conta do carismático Takumi Tsutsui, protagonista da extinta série “Jiraiya, o Incrível Ninja”; e de David Gorder, produtor dos filmes “X-Men”. Enquanto o primeiro bateu um divertido papo com o público sobre a sua carreira, que teve direito até a pedido de casamento, o segundo revelou o que está por vir na famosa série de mutantes. Durante o encontro, ele confirmou a produção de um longa do anti-herói Deadpool, além de um filme solo de Magneto.

COSPLAYS 

Como todo evento de cultura pop que se preze, a “Brasil Comic Con” foi tomada por cosplayers, fãs que se fantasiam como seus personagens favoritos. Dentre eles, uma das mais requisitadas para tirar fotos foi a estudante de audiovisual Cláudia Andriolo, 19, que estava caracterizada como a elfa Tauriel, de “O Hobbit”. “Já faço cosplay há sete anos. Além dela (da Tauriel), faço também a Merida, de ‘Valente’, e a Sailor Netuno, de ‘Sailor Moon’. Tenho vários cosplays”, revela ela. “Sempre participo dessas convenções, mas a ‘Brasil Comic Con’ está sendo bem diferente dos eventos que temos aqui no País. Está bem bacana”, elogiou a estudante.


(A fantansia escolhida pelo casal foi dos personagens da DC Comics)

No universo das HQs, as histórias dos heróis Arqueiro Verde e Batgirl sequer se cruzam. No entanto, na segunda edição da feira, a dupla acabou protagonizando uma história de amor digna dos quadrinhos. Fantasiados como os personagens da DC Comics, os professores Antônio Flávio Bastos Maués, 52, e Helen Sílvia Batista, 40, se conheceram há três anos no “AnimABC” - festival de cultura e entretenimento nos mesmos moldes da “Brasil Comic Con”. “Sempre que pudemos, estamos nesse tipo de evento”, diz Helen. “A gente sempre se fantasia de vários personagens, como Naruto, Jiraiya, Wolverine e Jean Grey”, acrescenta Flávio, que confessa: “Às vezes nós vamos de parzinho, casal mesmo”.

Publicidade
Publicidade