Publicidade
Entretenimento
CARNAVAL 2017

Sem Compromisso abre e Vila da Barra fecha os desfiles do Grupo Especial de Manaus

Caberá à escola de samba representada pelo tucano abrir o desfile marcado para o dia 25 de fevereiro; entre as oito grandes escolas da folia amazonense está a caçulinha da Compensa, que vai encerrar as apresentações 18/01/2017 às 05:00 - Atualizado em 18/01/2017 às 11:08
Show viladabarra
Detalhe da apresentação da Vila da Barra, da Compensa, que estreia este ano entre as grandes do Carnaval amazonense / Foto: Aguilar Abecassis
Paulo André Nunes Manaus (AM)

Um total de 26 escolas de samba vão desfilar pelos quatro grupos que reúnem as agremiações carnavalescas na cidade de Manaus a partir do dia 23 de fevereiro. Pelo Grupo Especial, que reúne as oito grandes da capital amazonense, caberá à Grêmio Recreativo Escola de Samba Sem Compromisso a honra de abrir o desfile no dia 25 de fevereiro, no Sambódromo, entrando na área de apresentação às 20h e encerrando sua participação às 21h10, totalizando o tempo máximo de 70 minutos permitidos e mostrando o tema “Eu tenho pra vender... Quem quer comprar?”.

A Andanças de Ciganos será a segunda a adentrar a pista, com tempo previsto para iniciar às 21h20 e final para 22h30 dentro do enredo “Na festa dos Deuses  os Ciganos fazem o Carnaval”.

A seguir, é a vez da Unidos do Alvorada, cuja comunidade fica vizinha ao Sambódromo e que vai homenagear o Nordeste brasileiro com “Meu ‘Padim’... Abençoai esse povo guerreiro filhos do chão rachado do nordeste brasileiro”, com entrada prevista para 22h40 e encerramento às 23h50. 

Os dois próximos desfiles vão praticamente confrontar as forças de Reino Unido da Liberdade e Mocidade Independente de Aparecida, justamente as duas campeãs do Carnaval do ano passado. A representante do Morro da Liberdade, bairro da Zona Sul da cidade, começa seu desfile à meia-noite e deve encerrar às 1h10 propondo o enredo “No Reino das fontes de vida, o Morro em movimento sustentável faz a diferença”.

Depois, é a vez da Aparecida, a conhecida “Pareca”, entrar em cena com “Gratia plena, Aparecida! 300 Anos no Coração do Brasil”, de 1h20 a 2h30. A Grande Família, do bairro São José, na Zona Leste, será a sexta agremiação a se apresentar no Sambódromo com “Grandes sonhos, Grande Família, Grande Circular... Meu São José, fonte viva de histórias e cultura popular”, para o desfile de 2h40 a 3h50

Tradicionalíssima, e mais antiga escola de samba de Manaus, a verde e rosa Vitória Régia será a penúltima a desfilar na pista do centro de convenções, de 4h às 5h10, com o tema “Olhos vendados, mãos firmes: a verde e rosa clama por justiça”.

E caberá à caçulinha entre as escolas do Grupo Especial do Carnaval de Manaus encerrar em grande estilo a folia no Sambódromo. A Vila da Barra, oriunda do bairro da Compensa, na Zona Oeste, campeã do Grupo de Acesso A no ano passado, traz como enredo “Do proibido ao Sagrado: com a Vila desfrute o sabor do pecado”.

Transmissão

Assim como no ano passado o desfile das escolas de samba do Grupo Especial de Manaus terá a transmissão da TV A Crítica e cobertura especial dos demais veículos da Rede Calderaro de Comunicação (RCC).

Para Getúlio Lôbo, presidente da Sem Compromisso, abrir o desfile das grandes é melhor que encerrar. “Só não queríamos encerrar pois esse horário da manhã é complicado. Entre abrir e fechar é melhor abrir o Carnaval pois podemos ir nos organizando antecipadamente”, analisa o dirigente tucano.

Já segundo Apollo Ferreira, que preside a Vila da Barra, fechar o Carnaval é bom pelo fato de ser o final da festa. “Com certeza o povo da Compensa vai estar presente. Só o fato de estarmos no Grupo Especial já é muito bom e motivo de satisfação para todos nós por tudo que passamos para estar aqui. Desfilar é a forma de retribuir à nossa comunidade, e se Deus quiser nos mantendo entre as grandes”, explica ele.

Ferreira destaca que a escola vai usar materiais especiais para evitar que fantasias e carros alegóricos percam o brilho em meio aos primeiros raios de sol da manhã do dia 26, Domingo Gordo de Carnaval.

Império da Kamélia desiste

A Império da Kamélia  não vai desfilar este ano pelo Grupo de Acesso A. A agremiação, sediada no Olímpico Clube, alegou, por meio de seus procuradores, não ter condições de desfilar em face do falecimento da mãe e de problemas de saúde do pai do presidente Almerinho Botelho. A informação foi confirmada pela União das Escolas de Samba do Amazonas (Uesam).

Ordem e horários

> Grupo de Acesso C
Data: 23 de fevereiro
1º - Tradição Leste, de 21h às 21h40
2º - Gaviões do Parque, de 21h45 às 22h25
3º - Leões do Barão de Açú, de 22h30 às 23h10
4º - Império do Mauá, de 23h15 às 23h55
5º - Mocidade de Ipixuna, de 0h às 0h40
6º - Legião de Bambas, de 0h45 às 1h25

> Grupo de Acesso B
Data: 24/02/2017
1º - Moc. Ind. Do Coroado, de 21h às 21h35
2º - Presidente Vargas, de 21h35 às 22h10
3º - Unidos do Coophasa, de 22h10 às 22h45
4º - Meninos Levados, de 22h45 às 23h20
5º - Moc. Ind. Da Raiz, de 23h20 às 23h55
6º - Império do Hawai, de 23h55 às 0h30

> Grupo de Acesso A
Data: 25/02/2017
1º - Unidos da Cidade Nova, de 0h30 às 1h10
2º - Dragões do Império, de 1h10 às 1h50
3º - Balaku Blaku, de 1h50 às 2h30
4º - Acad. da Cidade Alta, de 2h30 às 3h10
5º - Beija-Flor do Norte, de 3h10 às 3h50
6º - Primos da Ilha, de 3h50 às 4h30

> Grupo Especial
Data: 25/02/2017
1º - Sem Compromisso, de 20h às 21h10
2º - Andanças de Ciganos, de 21h20 às 22h30
3º - Unidos do Alvorada, de 22h40 às 23h50
4º - Reino Unido, de 0h às 1h10
5º - Aparecida, de 1h20 às 2h30 
6º - A Grande Famíliia, de 2h40 às 3h50
7º - Vitória Régia, de 4h às 5h10
8º - Vila da Barra, de 5h20 às 6h30

Publicidade
Publicidade