Publicidade
Entretenimento
Vida

Série Encontro das Águas traz musical de filmes e jogos de videogame no Teatro Amazonas

Depois de Star Wars, agora é a vez dos fãs de Senhor dos Anéis e O Hobbit ganharem seus especiais da Orquestra Filarmônica do Amazonas no TA 21/02/2015 às 11:53
Show 1
O sucesso de “Música no Espaço” abriu as portas para concertos do gênero.
mariah brandt Manaus (AM)

Imagine a cena: Teatro Amazonas lotado, a Orquestra Filarmônica do Amazonas vestida com capa de Jedis, personagens de um dos maiores clássicos do cinema mundial, Star Wars. A batuta usada pelo maestro para reger a orquestra é substituída por sabres de luz, também usados pelos músicos para tocar violinos e violoncelos. Com esse molde “Música no Espaço”, fez parte da 10ª edição da Série Guaraná no ano passado, levando centenas de admiradores do filme e da cultura nerd a lotarem o teatro. A Orquestra, que não costuma repetir espetáculos, abriu exceção dado o sucesso e os inúmeros pedidos enviados pela Internet. Depois de Star Wars, agora é a vez dos fãs de Senhor dos Anéis e O Hobbit ganharem seus especiais. Dessa vez não mais como parte da Série Guaraná.

Segundo o maestro Marcelo de Jesus a criação da Série Encontro das Águas veio em boa hora “O sucesso do Música no Espaço foi surpreendente pra gente, ele estava dentro da Série Guaraná mas ganhou vida própria. Por isso, criamos a Série Encontro das Águas. Ela é experimental, não pretendemos ficar apenas num segmento, vamos apresentar repertórios do cinema, do videogame e do que mais puder, por isso o caráter experimental, não queremos nos fechar às possibilidades”, conta Marcelo. A Série Encontro das Águas faz alusão ao encontro do improvável, no caso, a música clássica com temas populares.

UM NOVO PÚBLICO

Para o maestro, a iniciativa chama atenção de um público que normalmente não frequentaria espaços de música erudita. “As pessoas ouvem música clássica o tempo todo e não se dão conta disso. Ela está presente onde não se imagina, televisão, cinema, videogame. Em quase todas as mídias da geração atual há presença da música clássica, um dos objetivos do projeto é mostrar que música clássica não é esse bicho de sete cabeças. Eu sou de uma época anterior, gostaria de ter inserido jogos do Atari, mas a trilha deles era realmente bem rudimentar, para representar os clássicos, inserimos Super Mario Bros” conta o maestro.

INSTRUMENTISTA GAMER

Caíque Carriel faz parte da geração que cresceu ajudando Mario e Luigi a salvar a princesa Peach das garras do Bowser. Hoje, com 21 anos e estudante de música na Universidade do Estado do Amazonas (UEA) integra a Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica, que irá apresentar a Muzikstation 64, com trilhas dos jogos como Legend of Zelda, Shadow Of Colossus, Final Fantasy, Super Mario Bros, entre outros.

O amazonense toca contrabaixo acústico e está entusiasmado com o repertório. “Quando entregaram as partituras e eu soube que tinha a trilha de Zelda e Skyrim gostei bastante porque são videogames que eu jogo. Sempre gostei das trilhas, gostava de baixar na Internet e ficar ouvindo. Halo é um jogo que eu nunca joguei, por conta do espetáculo, acabei conhecendo as músicas, são muito bonitas, fiquei com vontade de começar a jogar”, relatou.

Três espetáculos

Segundo informações do Corpo Artístico da Secretaria de Cultura, a pré-venda dos ingressos tem sido um sucesso, restando poucos disponíveis na bilheteria do Teatro Amazonas e por meio de compra online. As primeiras apresentações acontecem nos dias 27 e 28 de fevereiro, às 20h, e no dia 1º de março, às 19h, no Teatro Amazonas, com a Muzikstation 64.

No dia 5 de março, às 20h, com reprises nos dias 8, às 19h, e 12, às 20h, também no Teatro Amazonas, a série apresenta “Música na Terra-Média”, com suítes preparadas com base nas trilhas compostas por Howard Shore para os filmes dirigidos por Peter Jackson (“O Hobbit” e “O Senhor dos Anéis”). Nesta apresentação serão executadas também as cantatas “Catulli Carmina” e “Trionfo di Afrodite”, de Carl Orff, conhecido pela obra “Carmina Burana”. A regência será de Marcelo de Jesus e Otávio Simões, com participação do Café Gioconda Esemble e do Coral do Amazonas.

Inspirados em eventos de cinema e música com temas sombrios, a apresentação da trilha sonora de “Drácula” ganhou local e horário diferenciados: dia 13 março, às 22h30, no Teatro da Instalação. “Por conta da natureza do filme, escolhemos uma ambientação mais sombria, será num horário mais tarde, terminando perto da meia-noite, acredito que esses elementos criam uma experiência diferente para quem assiste”, explicou o maestro. As versões cinematográficas para a história de Drácula foram feitas em 1931 e 1992. Trilhas sonoras de ambas serão executadas no espetáculo.

Programação

Muzikstation 64

Dia 27 e 28 de fevereiro (sexta e sábado) , às 20h, e dia 1º de março (domingo), às 19h, no Teatro Amazonas (Largo de São Sebastião, s/nº, Centro, zona sul).

Música na Terra Média

Dia 5 de março, (quinta-feira)às 20h, dia 8 (domingo) de março, às 19h, dia 12 (quinta-feira) de março, às 20h, no Teatro Amazonas (Largo de São Sebastião, s/nº, Centro, zona sul).

Drácula

Dia 13 (sexta-feira) de março, às 22h30, no Teatro da Instalação (rua Frei José dos Inocentes, s/nº, Centro, zona sul).

Serviço

O quê: Apresentações da “Série Encontro das Águas” com a Amazonas Filarmônica com repertório dos filmes “Drácula”, “O Senhor dos Anéis” e de videogames famosos.

Quando: de 27 de fevereiro a 13 de março

Ingressos: www.bestseat.com.br e bilheteria do Teatro Amazonas

Publicidade
Publicidade