Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020
DIVERSÃO

Shows infantis marcam programação de fim de semana do Parque da Criança

Evento terá “Show da Luna”, pintura facial, tirolesa e o “Show Musical das Princesas”, das 14h às 20h, com entrada franca



evento.JPG Muitos eventos musicais estão programados para esse fim de semana. Foto: Ingrid Anne/Manauscult
31/05/2017 às 19:01

Neste fim de semana, nos dias 3 e 4 de junho, das 14h30 às 19h30, o Parque Cidade da Criança irá contar com diversas atividades de lazer para a criançada, como o “Show da Luna”, pintura facial, tirolesa e o “Show Musical das princesas”. O parque fica localizado na rua Castro Alves, S/N, no bairro Aleixo, na Zona Centro-Sul de Manaus. O horário de funcionamento nos fins de semana é das 14h às 20h.

No sábado (3), a diversão começa às 14h30 e vai até as 16h com a Pintura Facial na Praça de Alimentação do parque. Às 15h começam as aventuras radicais na tirolesa até as 18h. Já às 17h é a vez do “Show da Luna” agitar o teatrinho até as 18h, que é quando começa a sessão de fotos com a “Turma da Luna”. Em seguida, os pequenos poderão se divertir com as Brincadeiras Populares que serão realizadas, das 18h30 às 19h30, no Hall de Entrada. Por fim, o “Cineminha” toma conta do Anfiteatro a partir das 18h e vai até as 19h30.



Já no domingo (4), a programação inicia às 14h com a “Exposição de Quadrinhos” na Biblioteca, seguida pela Pintura Facial, das 14h30 às 16h, na Praça de Alimentação. A Tirolesa permanece no horário das 15h às 18h e o “Show Musical das Princesas” vai fazer a alegria da meninada das 17h às 18h, no Teatrinho. Em seguida será realizada a “Sessão de Fotos com as Princesas” das 18h às 18h30. As “Brincadeiras Populares” vão acontecer das 18h30 às 19h30 no Hall de Entrada. Encerrando a programação deste fim de semana, a sessão do “Cineminha” acontecerá das 18h às 19h30 no Anfiteatro.


Mais de Acritica.com

20 Jan
trans_8C3DB8BB-BCF9-43E8-B068-3BED79D3DBF5.JPG

Mutirão retifica nomes e assegura identidade de travestis e transsexuais

20/01/2020 às 20:27

Como o procedimento feito diretamente no cartório não é tão simples (a lista de documentos exigidos é extensa) e nem sempre é barato (custa em média entre R$350 a R$ 400), a ação visa não somente facilitar a vida das pessoas transexuais que desejam alterar o nome e gênero de registro em sua documentação de nascimento, como também vai acompanhar e custear a certidão de tabelionato de protestos


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.