Publicidade
Entretenimento
Vida

Site permite que cartinhas do ‘Papai Noel’ sejam encomendadas para os pequenos

A proposta do site 'Cartinhas', criado há menos de duas semanas, é oferecer a oportunidade de os pequenos receberem palavras de carinho do 'Bom Velhinho' 16/12/2014 às 11:16
Show 1
A pequena Bruna foi surpreendida ao receber carta de Papai Noel de shopping
Natália Caplan ---

Nessa época do ano, muitos pais incentivam os filhos a escrever cartinhas para o Papai Noel. Além de contar como se comportaram, eles também pedem presentes e compartilham sonhos com o simpático personagem. Mas e se, desta vez, a criança recebesse uma resposta, com direito à “neve” vinda diretamente do Polo Norte?

Essa é a proposta do site “Cartinhas”, criado há menos de duas semanas, que oferece a oportunidade de os pequenos também receberem palavras de carinho do Bom Velhinho. “Em apenas dez dias de lançamento, já vendemos mais de 1 mil cartas”, disse a idealizadora do empreendimento, Iza Garcia, 33.

De acordo com a também editora do maior blog pessoal sobre maternidade do Brasil, o “Roteiro Baby” — com 820 mil seguidores —, a ideia surgiu na convivência familiar. A filha Bruna, de 4 anos, foi a inspiração. A menina não apenas recebe cartas, mas também a visita de personagens já conhecidos do mundo infantil durante datas especiais.

“Eu tenho o hábito de fazer isso desde que ela nasceu. Eu escrevo cartas e espalho pela casa e ‘alugo’ um coelho por um dia para dizer que é o Coelho da Páscoa. Estou sempre incentivando a fantasia. Crianças que acreditam em fantasia são mais felizes, têm uma infância mais mágica quando acreditam”, afirmou.

Quem acessar o site encontrará diversas opções de cartinhas natalinas. Todas são assinadas pelo próprio Noel, mas com temas e desenhos diferentes. No modelo do boneco de neve, por exemplo, ele demonstra que observou e se alegrou com o comportamento da criança durante todo o ano. Na ilustrada com um pinheiro, informa que não irá se esquecer dos presentes.

“Estou sempre ligada no mercado infantil e pensei que seria uma ideia muito legal. Mas não pretendo ficar limitada ao Natal. Criei textos super bacanas, como, por exemplo, para as crianças deixarem as fraldas e chupetas, e textos para as crianças maiores. Em janeiro vou aumentar as opções, com princesas, a fada dos dentes e super heróis”, revelou.

As primeiras figuras a escrever para a garotada, a partir de 2015, serão: Elsa e Ana (Frozen), Cinderela, Aurora (A Bela Adormecida), Thor, Batman, Homem de Ferro e Homem Aranha. “As mães podem usar essa paixão para educar. Vamos ter cartinhas para parabenizar pelo bom comportamento, boa alimentação, aniversário e pelas notas da escola”, ressaltou.

Com a disponibilidade de escolher o conteúdo das cartas, as mães também poderão sugerir temas e personagens. E, de acordo com Iza, a proposta vai além da fantasia. É uma forma de apresentar um mundo novo às crianças. “Também queremos resgatar essa forma de comunicação. Essa geração desconhece. É gostoso receber o carinho por cartas”, disse.

Questionada sobre até que idade os pais devem incentivar a crença dos pequenos em contos de fadas e outras histórias fantásticas dos livros e filmes, a editora do Roteiro Baby foi pontual. “Cada criança tem uma idade para amadurecer. Não temos como estabelecer uma idade certa. A própria criança terá, na hora certa, maturidade para dizer que é só fantasia”, concluiu.

‘Brilho nos olhos’

Ver a alegria de Thiago, 4, ao receber a correspondência do Papai Noel e tocar na “neve” mexeu com o coração da mãe, Carla Costa e Silva, 34. Ela também encomendou a carta para o sobrinho de quase 2 anos de idade. “Logo que vi a página no Facebook, adorei a ideia. Quando meu filho recebeu, ficou encantado e, eu, mais ainda. Quase chorei”, disse.

A consultora de marketing já havia levado o filho ao shopping para entregar o pedido de presentes pessoalmente ao Bom Velhinho. “A surpresa dele foi enorme, porque o recebimento da carta corrobora com a magia, transformando o sonho em realidade, em um objeto palpável. Foi incrível ver a felicidade nos olhos dele”, afirmou.

Como comprar

Acesse o site www.cartinhas.com.br, escolha o modelo da carta e, depois, uma mensagem. Adicione o nome da criança que irá receber a carta, no campo de “comentários”. O sistema de pagamento permite parcelar em até 7x para uma cartinha ou 12x para mais cartinhas. Oferece ainda a opção por boleto bancário.

Publicidade
Publicidade