Domingo, 22 de Setembro de 2019
SHOW

Stone Day lança novo EP e videoclipe nesta quarta-feira (28) no Tacacá na Bossa

The Stone Ramos faz aniversário de cinco anos e realiza show especial para celebrar com o público



bv0328-002f_92BA8215-539C-4115-ACFF-57934A7C9EE5.jpeg Banda Stone Ramos faz show no Tacacá na Bossa, às 19h, e na sequência no Espaço Curupira, às 22h. Foto: Divulgação
28/11/2018 às 01:53

“Dizem que o seu coração voa mais que avião / Dizem que o seu amor só tem gosto de fel / vai trair o marido em plena lua de mel”. Você leu cantando e lembrou de Reginaldo Rossi? Sim, o cantor é um dos artistas que inspiram a banda de brega manauara  The Stone Ramos, que faz uma releitura da música “Em plena lua de mel” em ritmo de tecnobrega, que é uma de suas interpretações marcantes.

Com músicas autorais e versões de outros artistas, a banda completa cinco anos em 2018 e para comemorar realiza o show “Stone Day” com dois lançamentos: o novo disco que conta com  versões de famosas canções pop  e a estreia do videoclipe da música "Paraíso", no tradicional Tacacá na Bossa (Largo de São Sebastião, Centro), nesta quarta-feira, 28, às 19h, com entrada gratuita.

O novo EP  “Músicas para litrão” conta com quatro canções que trazem releituras de sucessos, como “Paraíso”, uma versão tecnobrega da música ‘Heaven’ de Bryan Adams; “Em plena lua de mel”, de Reginaldo Rossi; “Sussurros”, da canção “Careless Whisper” de Jorge Michael; e “Envolvimento”, de MC Loma. O grupo conta com o produtor Marcelo Montenegro, o qual é bastante conhecido no mercado pela sua experiência e produções, como a obra Ritmos do Mundo, resultado das pesquisas do músico, ao longo de seus mais de quinze anos de carreira, sendo 10 anos na Europa.

"Essa é uma das tônicas de nosso trabalho. Além de nossas canções autorais, adoramos recriar músicas conhecidas, colocando nelas o tempero do brega dos Stones. Algumas parecem se tornar novas canções", conta Frederico Ramos, vocalista da banda.

Durante o show haverá também o lançamento do videoclipe da música “Paraíso”, com direção de Thais Vasconcelos e Cristian Pio Ávila. E logo após a estreia, o clipe estará disponível no canal da banda no Youtube. Na ocasião, para quem tiver interesse em adquirir a nova produção, a banda também estará com o novo EP físico oficial. E até sexta-feira, 30, as novas músicas podem ser encontradas nas plataformas digitais.

E vem novidade por aí. Daqui a um mês a banda lançará a música “Sofrência Game”, em ritmo de Bachata, um ritmo latino, da música “Wicked Game” de Chris Isaak.  O nome do EP “Músicas para Litrão” é resultado da votação dos internautas e público fiel da banda.

Videoclipe ‘Paraíso’

A banda descreve o novo videoclipe como um pastiche brega da estética dos anos 60. Uma forma de homenagem ao início da criação da linguagem dos clipes.
"É um video bastante divertido. Pegamos um clipe conhecido da banda Procum Harum e o recriamos aproveitando nossa irreverência e os cenários por onde os Stones costumam transitar. Ao mesmo tempo, é uma homenagem a Manaus, que consideramos o nosso "paraíso", explica Frederico.

‘As melhores da The Stone Ramos’

A festa de comemoração do aniversário dos cinco anos da banda continua no Espaço Cultural Curupira Mãe do Mato, situado na Av. Sete de Setembro 1710, a partir das 22h, com ingresso a R$10.

"Se no Tacacá a ideia é mostrar as músicas do disco novo, no Curupira repassaremos canções que marcaram nossa história - muitas das nossas autorais e outros sucessos que nosso público ama", ressalta Sergismundo Ramos, guitarrista dos Stones.

Com  um repertório recheado de músicas autorais e versões de outros artistas, a banda promete agitar o público com as melhores canções de sua carreira, como os bregas clássicos de Diana, Reginaldo Rossi, Raimundo Soldado, Sidney Magal, entre outros. Bem como músicas autorais, como “Te manda”, “Novo Amor” e “Toma pra dançar”.

The Stone Ramos

A banda foi fundada em novembro de 2013,  em Manaus,  e tem se dedicado a modernizar o brega em suas variantes. Em cinco anos tem  apresentado um espetáculo que envolve música, forte identidade visual, humor e originalidade. Seu repertório flerta com o brega, rock, disco, tecno e com ritmos latinos, fazendo uma imersão no gênero brega romântico, levando músicas autorais e clássicos de Reginaldo Rossi, Raimundo Soldado, Evaldo Braga, Roberto Villar, Sidney Magal, Diana, Calypso, Wando, Amado Batista e muito mais. Em cinco anos, a banda amazonense tem shows ao lado de nomes como Os Mutantes, Roupa Nova, Capital Inicial, Jota Quest, CPM 22, Wanessa Camargo, Wanderley Andrade, Elza Soares, além de ter se apresentado com shows marcantes no Sudeste do País, FECANI de Itacoatiara, Bar Caldeira, Tacacá na Bossa e em diversas casas e eventos que privilegiam o gênero em Manaus.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.