Publicidade
Entretenimento
Vida

Strappy bra: o sutiã do momento entre blogueiras e famosas

A atriz Sophie Charlotte usou bastante a nova peça na novela “Babilônia”. Com decote na frente ou nas costas, qualquer produção ganha uma graça diferente 31/08/2015 às 09:30
Show 1
"É preciso saber como equilibrá-la para não esbarrar no vulgar", diz blogueira Babi Balbeque.
Loyana Camelo Manaus (AM)

O sutiã que tanto sofremos para esconder na hora de usar regatas soltas, blusinhas e vestidos agora está sendo elevado ao posto de protagonista. A peça batizada de strappy bra  (do inglês, sutiã de tiras) vem repaginada com cortes geométricos e ao contrário do modelo tradicional, é para ficar à mostra, fazendo um contraste certeiro com as roupas mais fluidas dessa temporada tão quente.  Com ele, qualquer produção com decote na frente ou nas costas ganha uma graça diferente.

Para confirmar o protagonismo do strappy bra, este tem aparecido com frequência sob os holofotes. Gisele Bündchen desfilou pela Colcci com ele durante o último São Paulo Fashion Week; é queridinho de Alice, personagem de Sophie Charlotte em “Babilônia”; e blogueiras, atrizes e cantoras tem exibido-o em seus looks mais recentes.

À frente do Blog Super Chic (@blogsuperchic no Instagram) ao lado de Bruna Castro,  Babi Balbeque se diz fã da tendência e confirma que não há melhor época para apostar nos looks com  strappy bras . “Nesse calor de Manaus, a gente sai do lugar comum e vai para o estiloso e descontraído. Ao invés da saia e do vestidinho, pode apostar em um short com t-shirt e o  strappy bra ”, indica a blogueira.

Contraindicações

Claro que, por se tratar de uma peça ousada, é preciso saber como equilibrá-la para não esbarrar no vulgar. Para Babi, é preciso primeiro ter em mente de que o  strappy bra  deve se restringir a ocasiões descontraídas, como passeios diurnos (e nunca levá-lo para ambientes de trabalho formais). Outra sugestão que a blogueira faz é fugir das roupas muito apertadas.

“A dica é sempre usar com t-shirt, blusa larguinha ou vestidos soltinhos. Dá um ar descontraído”, frisa a blogueira.

Quem tem os seios maiores faz melhor escolha, segundo Babi, se optar pelos  strappy bras  cujos detalhes geométricos ficam nas costas; ou simplesmente os que têm tiras retas. “E evitar os com tiras que contornam os seios, porque destacam ainda mais essa parte do corpo”, comenta Babi.

As mais modernosas podem optar pelos modelos com rendas, spikes, tachinhas. Alguns vêm com várias alças que podem ser espalhadas pelos ombros, como o que Gisele Bündchen usou no desfile da Colcci. Sair do lugar comum ficou mais fácil com o  strappy bras . Reinvente-se!

Publicidade
Publicidade