Domingo, 18 de Agosto de 2019
Vida

Taiti: paraíso a dois

Polinésia Francesa: Com 180 ilhas de beleza deslumbrante, o lugar é um convite para o romance e os prazeres da vida



1.jpg Top Hotels: Vale visitar o Intercontinental, o Meridien e o Sheraton
05/05/2013 às 11:43

Quer ter uma experiência única e renovar uma lua de mel pra lá de romântica? A paixão e o fascínio dos momentos a dois se envolvem com a realidade de um dos lugares mais deslumbrantes do planeta. O paraíso na terra tem nome e chama-se Taiti.

Localizado na Polinésia Francesa, com 180 ilhas de beleza exuberante, este cenário de puro charme e encanto é um convite ao romance e aos prazeres da vida, que só podem ser contemplados ao lado de pessoas muito especiais. Não vá esperando burburinho e noites agitadas, (a não ser que fique somente em Papeete): o lugar é convidativo para relaxar e entrar em contato com a natureza.

Agora, falando mais sério, se você quiser prometer amor eterno ao amado (a) tendo como testemunha as azuis águas do pacífico é só contratar tudo com seu agente de viagens no Brasil, e terá um casório inesquecível.

Roteiro
Nossa viagem começou em São Paulo onde embarcamos para Santiago pela LAN Chile. Se você for pela TAM, quando chegar em Santiago terá que fazer imigração, caso contrário, é somente uma parada básica para trocar de avião que o levará até a Polinésia Francesa.

Que luxo esse roteiro. Depois fará outra parada na ilha de Páscoa somente para abastecer o avião, pois o Taiti é um roteiro muito distante. Se tiver mais tempo, vale a pena parar por um dia na Ilha de Páscoa e conhecer a história das estátuas gigantes.

O ponto de partida é a capital Papeete, que é a maior ilha da Polinésia Francesa. A população nativa é de polinésios e estima-se que eles tenham se estabelecido na ilha entre 300 e 800 a.C., embora existam alguns estudos que dizem que pode ter sido ainda antes desta data.

Atração imperdível
Turismo é a grande indústria do Taiti, especialmente durante o festival Heiva, que acontece em Papeete. Este festival celebra a cultura indígena e a comemoração da queda da Bastilha na França. Ambos ocorrem em julho. Se não quiser perder mesmo este evento anual, programe sua viagem para o finalzinho de junho e começo de julho.

Os bilhetes do evento Heiva só são vendidos localmente, você não pode comprá-los com antecedência online. O melhor lugar para ficar quando você vai assistir o evento é em um hotel perto da Place T'oata, a grande arena onde a maioria das apresentações de dança são realizadas (e onde os bilhetes são vendidos). Há também várias competições esportivas e exposições de artesanato realizadas em outras localidades próximas ao redor de Papeete.

Artesanato
Vale muito a pena comprar o artesanato da ilha, as bijuterias lindas feitas com pedras, as esculturas em madeira, cestaria, pintura na casca do coco, pintura em tecido, pareôs pintadas a mão com obras de Paul Gauguin, pintor francês pós impressionista que resolveu colocar o Taiti em quadros e cores. Enfim, sua mala voltará cheia de recordações e objetos únicos que só retornando lá para comprar, portanto não deixe para a próxima viagem. Ela pode demorar muito tempo, afinal, o Taiti não é bem alí!

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.