Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
_pera.JPG
publicidade
publicidade

CULTURA

Teatro da Instalação recebe ‘Ópera Studio’ a partir desta terça-feira (29)

Neste ano, o projeto, que integra o 21º Festival Amazonas de Ópera (FAO), apresentará a ópera “La Bohème” com entrada gratuita


28/05/2018 às 17:50

O Teatro da Instalação, localizado na Rua Frei José dos Inocentes, no Centro Histórico de Manaus, vai receber nesta terça e quarta-feira, respectivamente dias 29 e 30 de maio, a partir das 19h, o “Ópera Studio”, um projeto desenvolvido pela Escola Superior de Artes e Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e que faz parte da programação do 21º Festival Amazonas de Ópera (FAO). A entrada será gratuita.

O FAO 2018 é uma realização do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), com patrocínio do Bradesco Prime – que celebra 10 anos de parceria com o festival –, incentivo do Ministério da Cultura (Minc) por meio da Lei Rouanet; além do apoio da Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC) e da Aliança Francesa.

Sob direção artística de Fabiano Cardoso, direção cênica de João Fernandes, direção musical de Duany Parpinelli e participação especial do pianista Pedro Panilha, neste ano o projeto apresentará a ópera “La Bohème”, do compositor italiano Giacomo Puccini (1858 - 1924). A obra tem libreto de Luigi Illica e Giuseppe Giacosa, baseado no livro de Henri Murger, "Scènes de La Vie de Bohème" e narra, em quatro atos, a história de artistas que, em meio ao caos da pobreza, misturam a arte, o amor, o ciúme e a disputa em suas dramáticas vivências.

A apresentação contará com mais de 40 pessoas que integrarão o elenco, dentre estes, professores, alunos e cantores do Coral do Amazonas, como Wilken Tavares e Luiz Carlos. De acordo com o diretor artístico do projeto, Fabiano Cardoso, o “Ópera Studio” visa oportunizar aos alunos a vivência profissional em um ambiente como o Festival Amazonas de Ópera, tendo também como finalidade a aproximação das pessoas com a música erudita.

“A ideia é dar aos alunos a chance de conviver com a realidade da música clássica, não deixando de priorizar a aproximação das pessoas para com a mesma”, explica o diretor.

Ópera Studio

A “Ópera Studio” une professores e alunos de canto, canto coral, piano e teatro da UEA que, sentindo a necessidade de trabalhar diferentes vertentes musicais do estilo erudito, propõem desenvolver um projeto voltado para produção e disseminação da ópera, além de desenvolver uma maior interação da universidade com a comunidade em geral.

O projeto visa também um encontro, entre educadores, artistas, estudantes de diversas universidades, professores e a comunidade em geral, para execução e contemplação da música erudita, já que o estado do Amazonas é um grande fomentador de artistas e produção cultural.

Festival Amazonas de Ópera - Este ano, o Festival conta com a apresentação de cinco óperas: “Faust”, “Dessana Dessana”, “Florencia en el Amazonas”, “Acis and Galatea” e a estreia mundial “Kawah Ijen (Vulcão azul)”. Os ingressos estão disponíveis na bilheteria do Teatro Amazonas e no site www.aloingressos.com.br, com valores que vão de R$ 5 a R$ 60.

Durante a temporada de ópera, também acontecerão atividades paralelas nos centros de convivências, shoppings, nos municípios de Manacapuru, Iranduba (no distrito do Cacau Pirera) e em Novo Airão; além do “Ópera Delivery”, que levará sessões exclusivas de trechos de obras à casa dos amazonenses, e do projeto “Ópera Studio”, da Escola Superior de Artes e Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), que apresentará “La Boheme”, de Giacomo Puccini, no Teatro da Instalação.

Sobre o Bradesco Cultura - Com mais de 350 projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. O Banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do País, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte.

Com apoio a eventos regionais, museus, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros, a instituição tem, ainda, uma plataforma de naming rights com o Teatro Bradesco, que conta com unidades em São Paulo e Rio de Janeiro. Em 2018, já passaram pela Temporada Cultural do Bradesco as exposições Julio Le Parc, Mira Schendel e Hilma af Klint, o espetáculo Bibi Ferreira e o Lollapalooza Brasil. Estão em cartaz os musicais Peter Pan e Ayrton Senna, além de diversas atrações confirmadas ao longo do ano, como os festivais de Parintins, Tiradentes, a festa junina de São João do Caruaru, ArtRio, MIMO e MADE, entre outras.

Ficha Técnica

Mimì - Mirian Abad

Rodolfo - Miqueias William e Wilken Silveira 

Marcello - Luiz Carlos 

Musetta - Jaiana Silva e Luziene Menezes

Schaunard - Joubert Junior

Colinne - Marden Guedes

Benoît e Alcindoro - Danilo Carvalho 

 

Direção artística: Fabiano Cardoso

Direção cênica e iluminação: João Fernandes

Direção musical e narração: Duany Parpinelli

Pianista: Pedro Panilha

Cenário e Figurinos: Central Técnica de Produção

 

Serviço: Ópera Studio – La Bohème

Local: Teatro da Instalação (Rua Frei José dos Inocentes, s/n – Centro)

Data/hora: 29 e 30 de maio, às 19h

Entrada: Gratuita

Classificação indicativa: Livre

publicidade
publicidade
Espetáculo desenvolvido por alunos da UEA é apresentado nesta quinta (25)
Contratos de patrocínio da Petrobras passam por revisão, diz Bolsonaro
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.