Sábado, 14 de Dezembro de 2019
MÊS DAS NOIVAS

Tenha o casamento dos sonhos e sem 'erros'

Responsável por organizar eventos de casais famosos, especialistas da Boutique de 3 dão dicas para 'o grande dia'



PORTAL_CASAMENTO.jpg Escolha do local deve ser feita após definir data e número de convidados, com foco na 'cara dos noivos'
17/04/2017 às 10:01

Falta pouco para o “mês das noivas” e muitas já buscam inspirações. Não importa se a cerimônia será na igreja, ao ar livre, ou em um salão. Todas concordam em uma questão: “por onde começar?” Para ajudar nessa caminhada, a “Boutique de 3” — responsável pelos casamentos da cantora Preta Gil, do apresentador Tiago Leifert, da musa fitness Gabriela Pugliesi, entre outros famosos —  dá dicas às leitoras do VIDA & ESTILO.

“O que não pode faltar, de jeito nenhum, é a harmonia e a conexão entre o casal. O casamento tem que ser a cara dos noivos e, se tiver amor, tudo flui melhor. Claro que não pode faltar um cronograma para que nada fuja da lista de desejos. Não existe falar que ‘cuidamos somente de tal parte’. Não existe certo ou errado! Existe o sonho de cada noiva. A energia e a animação dos noivos fazem o casamento perfeito”, diz Edda Ugolini Martins.



Ela integra a equipe de wedding planning juntamente com Gizella Luglio e Elisa Tavares, que lançaram o livro “Casando com Boutique de 3”. De acordo com a primeira, é necessário montar uma check-list com as prioridades. Desde a lista com o número de convidados; escolha dos fornecedores; estilo da decoração; se cerimônia e recepção serão no mesmo local (ao ar livre ou fechado?); fotografia e filmagem; site dos noivos, lembranças, entre outros pontos.

“Nós entendemos o sonho dos noivos. A partir daí, montamos um plano de trabalho de acordo com o tempo que o casal tem para planejar. Depois de data, número de convidados e local definidos, passamos para a escolha dos fornecedores, com reuniões, recebimento de orçamentos e planilhas de custos. A lista de convidados é um assunto muito delicado. Nesse primeiro momento, alinhamos as expectativas e propostas do casamento”, enfatiza.

Gizella, inclusive, ressalta a importância de pensar na contratação de seguranças e motoristas para o local; de conhecer os fotógrafos e a equipe de filmagem antes do evento; e de personalizar as lembrancinhas conforme a essência. Isso tudo, entretanto, deve ser organizado com antecedência, dependendo da quantidade de convidados e do estilo do casamento escolhido, como ressalta Elisa.

“Tudo tem que ser pensado. É sempre bom confirmar ao vivo e conhecer a empresa de fotografia que irá contratar. Não adianta escolher pelo site ou pelo produto apresentado, precisa conhecer e ver se terão ‘conexão’ com o casal”, afirma a primeira. “Com até cem convidados pode ser planejado com até oito meses de antecedência. Já os maiores, recomendamos começar a planejar de um ano ou mais”, completa a segunda.

Bom senso

Ainda de acordo com Elisa Tavares, geralmente, não existe “algo a ser evitado”. O casamento é elaborado conforme o sonho do casal, adaptando de maneira viável. Sempre focado no budget (orçamento) dos noivos. Entretanto, ela cita o caso de uma noiva que desejava uma cadeira portátil semelhante à usada no oriente para carregar reis.

“Ela queria entrar sobre uma liteira, no meio da pista de dança. Com jeitinho, conseguimos fazê-la mudar de ideia, pois entendemos que os convidados podiam achar aquilo um pouco estranho e temático”, lembra. “A ‘Boutique de 3’ sempre sugere o clássico, porque não tem como sair feio”, enfatiza.

Gafes

Segundo Edda Ugolini Martins, é comum os convidados cometerem gafes. Desde aqueles que pensam “mandar” mais do que os noivos. Eles são arrogantes quando querem mesas, pedem músicas para o DJ que, às vezes, o casal não autorizou; e, principalmente, perdem a linha quando bebem muito e acabam arranjando confusão.

“Temos histórias para contar, com cenas cômicas e até trágicas. A noiva sempre sonha com aquele vestido de princesa, com mil bordados e tudo o que tem direito, mas esquece da praticidade no dia da festa, como ir ao banheiro. Tivemos uma noiva que pediu um balde, pois era o único jeito que conseguia fazer xixi. Morremos de rir!”, lembra.

Segredos em livro

A decisão de escrever o livro “Casando com Boutique de 3”, explica Gizella Luglio, foi para facilitar a vida dos noivos, com base na experiência da equipe diante do mercado. Segundo ela, é uma espécie de “manual da noiva”, um guia, no qual o casal pode se basear e ter informações úteis para a grande festa.São 16 capítulos, com ilustrações e fotos dos eventos já realizados pelo trio de especialistas.

“A edição compartilha o lado mais minucioso e detalhado do processo, como resolver em planilhas e check-list. Sem mistérios e de forma dinâmica, nós também dividimos como trabalhamos e exemplificamos os cronogramas, explicando a organização de cada tarefa. Entre elas, a lista de convidados, o projeto de decoração, escala de equipe, montagem e outros infinitos itens”, adianta.

Dicas e Tendências, de acordo com a ‘Boutique de 3’:

 - Destination Weedding: casar em outra cidade, Estado, ou país, continua tendência.

- Banda: casamento com música ao vivo é muito mais emocionante.

- Cerimônia: mesmo se as duas famílias forem de religiões diferentes, não existe certo ou errado; é só ter jogo de cintura.

- Decoração, o que podemos dizer é que tenha a cara dos noivos, na praia, no campo, do clássico ao moderno, inspirações não vão faltar;

- “Cara a Cara”: é muito importante conhecer pessoalmente todos os fornecedores, principalmente, a wedding planner; a empatia nesse primeiro encontro é essencial.

- Save the Date: algumas noivas optam pelo virtual, mas preferimos os impressos porque são sempre mais elegantes e funcionais. O apelo do físico tem seu valor.

- Convites: não fugir muito do tradicional; sugerimos escolher um convite sintonizado à proposta do casamento.

- Dica fotógrafo: se fizer questão daquelas fotos mais livres e despretensiosas, contratar um fotógrafo para a cobertura convencional e outro para ficar livre e abusar das fotos “artísticas”.

- Buffet Bebida sucesso: drinques com Aperol Spritz e Gin Tônica são os campeões nos bares dos casamentos.

- Bolo: Bolo é uma atração a parte; sempre indicado na mesa de doces, pois compõe a decoração. A escolha do sabor deve ser pensando em todos os convidados.

- Bem-casado: nunca sai de moda e permanece na tradição de todos os casamentos, o cálculo é de três unidades por pessoa.

- Para os profissionais do mercado de casamento o céu é o limite. Portanto, os noivos precisam tomar muito cuidado, porque a decoração é onde se gasta a maior parte da verba.

- Orçamento: é importante ter um budget para a decoração, pois nada pior do que o decorador apresentar um projeto dos sonhos e estar além do que os noivos pretendem gastar.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.