Publicidade
Entretenimento
Testes farmacogenéticos

Testes farmacogenéticos chegam ao Brasil e são aliados da saúde feminina

Os testes farmacogenéticos são relativamente novos no Brasil que é o segundo país do mundo a utilizá-los nas áreas de Cardiologia, Cérebro e Comportamento e Saúde da Mulher 06/02/2013 às 13:58
Show 1
Testes são aliados na hora de decidir qual tratamento seguir
acritica.com Manaus

Quando ouvimos falar em análise do DNA e seqüenciamento do Genoma Humano, descoberta feita em 2003, ainda pensamos nestes assuntos como realidades muito distantes de nós. Mas, o avanço científico proporcionou aliados à saúde como é o caso dos testes farmacogenéticos que chegaram ao Brasil há poucos meses. O lançamento aqui é da Gntech Tests. 

Na área de saúde de mulher, por exemplo, a análise do DNA é uma aliada valiosa no tratamento e prevenção de doenças como, por exemplo, o câncer de mama.  Pesquisas científicas mostram que substâncias provenientes do metabolismo do estrogênio foram reconhecidas como fatores de risco primários para o desenvolvimento deste tipo de câncer.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que até 2030 aproximadamente 1 bilhãos de mulheres sofrerão a menopausa , em todo o mundo. Atualmente no Brasil, 13, 5 milhões de mulheres estão no climatério, o período que antecede a menopausa. O uso da análise do DNA das pacientes, por meio do teste farmacogenético do estrogênio pode ajudar na  hora de médico e paciente decidirem pelo tratamento de reposição hormonal.

Pelo teste são avaliados complexos algoritmos que cruzam os dados clínicos da paciente, as características individuais de seus genes( genótipo) e as propriedades farmacológicas de medicamentos, neste caso, o estrogênio. As informações determinam como o código genético de cada indivíduo pode influenciar na sua aceitação e resposta a determinada medicação.

As pessoas interessadas podem adquirir os testes diretamente pelo site www.gntechtests.com.br . O valor de lançamento é de R$ 3.651,60 que pode ser parcelado. O paciente receberá o teste com todos os itens, instruções e documentos necessário para coleta a amostra biológica(células bucais).

Alguns convênios já reembolsam pacientes, mas este número ainda é  pouco já que esta ferramenta ainda é novidade no Brasil. Os testes são realizados pelos laboratórios da Iverson Genetics, nos Estados Unidos e distribuídos no Brasil pela GnTech Tests.

O material biológico das células bucais, por ser de simples coleta e totalmente indolor, poderá ser coletado pelo próprio paciente, pelo médico ou por outro profissional da saúde. Quando o material é coletado por terceiros, recomenda-se o uso de luvas descartáveis.

Depois de feito o procedimento de coleta, o paciente preenche oo formulário de identificação do teste é a data e horário da coleta do exame. Os formulários de identificação da Área da Cardiologia e da Saúde da mulher devem ser preenchidos pelo médico.

O envio das amostras, análises e resultados ocorrem, em média, em 10 dias úteis. Importante ressaltar que os médicos são os responsáveis exclusivos pela utilização e interpretação do resultado.  

Descobrir se a mulher possui alto, médio ou baixo risco de desenvolver câncer de mama, no caso de terapia de reposição hormonal, ajudará em uma tomada de decisão mais segura pela paciente e pelo próprio médico, que terá uma base científica para orientar as opções de tratamento no caso específico e rapidamente.


Publicidade
Publicidade