Publicidade
Entretenimento
BREGA STYLE

'The Stone Ramos' quer entrar no Guinness Book durante gravação de DVD em Manaus

A gravação do DVD será realizada no dia 31 de maio, no Bar Caldeira. O desejo é que Manaus entre no Guinness Book como a maior reunião de indivíduos vestidos de brega do mundo 23/05/2017 às 16:36
Show banda
A bandaThe Stone Ramos foi fundada em 2013 (Foto: Divulgação)
Amanda Guimarães Manaus (AM)

A banda The Stone Ramos realiza no dia 31 de maio a gravação do próprio DVD, no Bar Caldeira, localizado na Rua José Clemente, no Centro de Manaus, a partir das 21h30. Durante a programação, o grupo pretende atingir outra meta. Dessa vez, é a entrada no Guinness Book como a maior reunião de indivíduos vestidos de brega do mundo. A estimativa é que mais de 3 mil pessoas compareçam com o traje dos anos 80 e 90.

O show terá ainda a participação de Zezinho Correia, Nunes Filho, Fátima Marques, Jander Manauara e Luneta Mágica. “A nossa principal característica é o traje brega. Então pensamos, já que teremos um grande público montado no brega style, porque não incluirmos isso no Guinness. Sabe que o amazonense é garimpeiro, é pavulagem”, disse o vocalista da The Stone Ramos, Frederico Ramos.

A entrada do evento é gratuita. Segundo o vocalista, como o traje é brega, o público precisa investir em roupas coloridas com mistura de tecidos. Durante o evento, será avaliado por um júri e aclamação popular a melhor caracterização.

Sugerimos muita mistura de animal print, bijuterias exageradas, mistura de tecidos, texturas e cores. Ombreiras, polainas, pochete e todo o mais de acessórios que as pessoas quiserem usar e que caracterizem o look brega exagerado tropical. O pessoal melhor caracterizado receberá a avaliação por um júri e aclamação popular. Concorrerão a fabulosos prêmios”, revelou Frederico.

Sobre a resposta do público, o vocalista da The Stone Ramos ressalta que o brega está no gosto e no sentimento do povo de Manaus. A categoria de maior quantidade de pessoas vestidas de brega em uma reunião ainda não existe no Guinness Book.

 “Nosso povo não tem vergonha de se assumir exagerado, tropical, gosta de ostentar. Vivemos na Amazônia, onde tudo é superlativo. As pessoas há muito nos clamam um show onde possam colocar veia brega para fora. Vai dar tudo certo”, disse o vocalista, completando que o Amazonas precisa entrar no livro dos recordes.

“Acreditamos que no centro tropical do mundo, em um lugar repleto de cores, texturas e calor, devemos assumir nossas cores. Um grupo de pessoas dizendo ao mundo da maneira alegre de sermos, não é pouca coisa”, finalizou.  

Publicidade
Publicidade