Publicidade
Entretenimento
FIM DE ANO

Curso do Toque Gourmet ensina a preparar tradicional sobremesa Taça da Felicidade

Curso ocorre nesta quarta-feira (13), de 14h às 18h. O investimento é de R$ 180 e inclui todos os insumos e utensílios necessários para a aprendizagem 12/12/2017 às 11:52
Show 23621452 955510701266506 4384376529944543653 n
Foto: Divulgação
Mayrlla Motta Manaus (AM)

Depois da tradicional Ceia de Natal é chegada a hora de nos deliciarmos nas sobremesas. A Taça da felicidade é considerada o doce que não pode faltar na mesa de guloseimas. E para quem quer aprender a prepará-la, nesta quarta-feira (13), de 14h às 18h, o Toque Gourmet Culinária Criativa, localizado na Rua Amaral dos Santos, nº 174 - São Jorge, vai ensinar durante o curso prático “Sobremesas Natalinas”. 

Na oportunidade, os alunos aprenderão a preparar todos os ingredientes que compõem a Taça. O investimento é de R$ 180 e inclui todos os insumos e utensílios necessários para a aprendizagem. As inscrições e demais informações podem ser feitas através do telefone 99384-6263. 

A chef Camila Lima é quem vai ensinar os alunos. Ela explica que durante o curso eles vão aprender a preparar pudim, creme e cheesecake, além de montá-los na taça. Segundo ela o doce nos dá a liberdade de decorá-lo de maneiras diferentes, seja com frutas, especiarias ou com outros ingredientes.  

Especialmente para a reportagem, Camila ensinou a fazer uma taça para toda a família. “O que vai deixar a taça com a cara do Natal são as frutas, por isso escolhemos o morango, kiwi e uva, que dão o tom do vermelho e verde. No creme procuramos regionalizar através do sabor cupuaçu, mas quem quiser outro pode ficar à vontade também. Um que cai sempre bem é o maracujá”, ensina a chef de cozinha formada pelo Instituto de Culinária Italiana, em Flores da Cunha (RS).

Nas fotos que ilustram a matéria temos pequenas taças individuais, que segundo Camila são ideais para reuniões mais intimistas. “Para a família o melhor é aquela grande taça de dois litros e aí você pode acrescentar mais coisas, como frutas regionais e especiarias como a castanha”, apontou  que também é psicopedagoga. Depois da aula,  os alunos poderão levar os doces que fizeram para casa.

Publicidade
Publicidade