Publicidade
Entretenimento
Buzz

Transexual Bruna Anghell já investiu mais de R$ 15 mil para ficar igual a Valesca Popozuda

Bruna já chegou a se apresentar como a própria Valesca, mas garante que não cobra nada pelo cover, faz apenas pelo prazer de ser sua musa por um dia 15/12/2014 às 16:38
Show 1
Bruna investiu R$ 15 mil em próteses de silicone nos seios e no bumbum
ACRITICA.COM Manaus (AM)

A cabeleireira que há cinco anos se tornou transexual Bruna Anghell Santhiago é, também, uma grande fã da cantora carioca Valesca Popozuda.

Bruna passou por um longo tratamento psicológico até decidir a mudança de sua identidade, e constatou que gostaria de se inspirar na funkeira Valesca Popozuda. Em entrevista ao EGO, ela revelou que todo o dinheiro que ganha com o salão é revertido ao projeto “Valesca”.

Embora pareça exagerada a homenagem, a moradora de Niterói garante que a transformação toda que fez foi do pescoço para baixo. Foram investidos R$ 15 mil em próteses de silicone nos seios e no bumbum. “Não mudei nada em meu rosto. Nos seios trago 400ml em cada um e no bumbum a mesma quantidade em cada nádega”, revelou.

O dinheiro não foi gasto apenas em procedimentos estéticos. Bruna garante que investe um bom dinheiro no guarda roupa para copiar os modelitos usados por Popozuda quando deixou a Gaiola das Popozudas. “Para o macacão branco, com cristais Swarovski, paguei R$ 2,5 mil. As outras roupas custaram em torno de R$ 500 e R$ 800. Minha costureira fica louca, mas adora ir nas minhas ideias”, comentou.

Bruna já chegou a se apresentar em paradas gays como a própria Valesca, mas garante que não cobra nada pelo cover. A participação é apenas pelo prazer de ser sua musa por um dia.

“Depois da minha mãe, Valesca é a pessoa mais importante da minha vida”, contou a cabeleireira. A funkeira inclusive já conheceu sua maior fã e disse que é uma honra ser tão querida por Bruna. “Eu acabei chorando aqui”, disse Valesca ao EGO por e-mail. “Ela é uma pessoa encantadora, uma fã por quem eu tenho um carinho muito grande. Ela sai de Niterói para me ver nos shows e participar na plateia dos programas que estou. Carinho igual a esse temos que guardar para sempre, pois é verdadeiro e real”, contou.


Publicidade
Publicidade