Publicidade
Entretenimento
Vida

Travessia do mar vermelho em ‘Os Dez Mandamentos’ promete levar público ao clímax

Episódio marca o fim da perseguição do povo hebreu pelos egípcios, a quem os primeiros serviam. O faraó tentará, sem sucesso, impedi-los de fazer a travessia 07/11/2015 às 10:28
Show 1
Bastidores da cena em que se os egípcios se afogam com o fechamento do mar foram mais de 20 mil litros de água para dar conta.
Loyana Camelo Manaus (AM)

“Disse então o Senhor a Moisés: ‘Por que clamas a mim? Diga aos israelitas que sigam avante. Erga a sua vara e estenda a mão sobre o mar, e as águas se dividirão para que os israelitas atravessem o mar em terra seca”. A passagem bíblica (Êxodo 14:15 e 16) descreve o momento em que Moisés abriu o Mar Vermelho para que os hebreus fugissem dos egípcios, e já foi retratada em diversos filmes, seriados, minisséries. Mas não seria exagero dizer que há tempos não havia tamanha expectativa para vê-la mais uma vez, agora, na novela “Os Dez Mandamentos”.

Com um índice de audiência nunca antes visto na Record - a emissora vem gozando de liderança isolada no horário de 20h35 às 21h45 - o capítulo da travessia vem sendo anunciado como o clímax do folhetim escrito por Vivian de Oliveira. As fotos de bastidores liberadas até agora mostram o uso de paredes de chroma key, diversos figurantes e muita, muita água. Os efeitos especiais só serão mesmo vistos no dia em que o episódio for ao ar - a previsão é que isto ocorra na terça-feira, dia 10, depois de uma série de adiamentos.

O faraó Ramsés ainda tentará impedir os hebreus de fazerem a travessia. Divulgação

Investimento pesado

Se depender do alto investimento, o público não deve se decepcionar. Os custos da produção do episódio já passam de 1 milhão de reais. Para dar conta da suntuosidade da abertura do mar, foi contratada  a empresa americana Stargate, responsável por efeitos especiais de seriados como “The Walking Dead”. Quem acompanha “Os Dez Mandamentos” desde o início, como a advogada Marta Monteiro e sua família, mal pode esperar para ver a cena. Ela elogiou a forma como foram retratadas as dez pragas do Egito.

“Estávamos na expectativa da décima praga. Em outros filmes, ela é como uma sombra escura que passa em frente às casas. Na novela, foi interessante porque foi uma luz. Achei mais apropriado”, comentou. A praga a que se refere Marta é a morte dos primogênitos, que foi ao ar esta semana na segunda e terça. Na ocasião, a Record bateu recorde de audiência desde a estreia e marcou, em São Paulo, 25 pontos de média, garantindo o primeiro lugar absoluto.

A manobra da produção para ilustrar a travessia. Divulgação

A travessia do Mar Vermelho, por si, promete levar a audiência ao ápice e a emissora está incentivando o público a falar um pouco mais sobre sua espera nas redes sociais por meio da hashtag #MarVermelho. Marta diz que está empolgada com o aguardado episódio, principalmente porque tem verificado que o folhetim mantem-se fiel à Bíblia.

“Estou positivamente surpresa com a forma como tudo tem sido retratado. Se surge alguma dúvida, vou na Bíblia e leio. E tudo está lá, a genealogia, os personagens. É uma novela que está nos mostrando a realidade de como aquele povo viveu, sentiu e todos os desdobramentos disso”, opina a advogada. Que venha terça-feira!

Ex-globais na Record

O sucesso estrondoso de “Os Dez Mandamentos” tem provocado também certo “êxodo” entre emissoras. Diversos atores que se consagraram na Globo agora migram para a Record, como Nívia Stelmann, Kadu Moliterno, Cristiana Oliveira e Paloma Bernardi. Eles se unem ao time que hoje conta com os também ex-globais Sergio Marone (Ramsés), Juliana Didone (Leila) , Larissa Maciel (Miriã), todos com personagens em “Os Dez Mandamentos”. 

Paloma Bernardi fechou contrato de 1 ano com a Record e espera um papel de destaque.  Já Nívia Stelmann, ao que tudo indica, vai estrelar “Josué e a terra prometida” - próxima novela bíblica da emissora que vai retratar a chegada dos ex-escravos hebreus à Canaã, em Israel, onde serão liderados por Oséias (Sidney Sampaio) por conta da morte de Moisés (Guilherme Winter). 

A Record repetirá alguns nomes do elenco de “Josué”. Entre os já confirmados, estão os atores Sidney Sampaio, Pérola Faria e Larissa Maciel. As gravações vão começar em janeiro do ano que vem e a estreia da produção está prevista para junho do mesmo ano.

Publicidade
Publicidade