Domingo, 26 de Maio de 2019
Vida

Treinamento funcional garante saúde e preparo físico naturalmente

Em Manaus, uma atividade já reproduzida em estados como Rio de Janeiro, Ceará e Rio Grande do Norte tem gerado vários adeptos. Trata-se do treinamento funcional, que consiste em mesclar diversas categorias de exercícios físicos ao ar livre em campos de areia, ideais para quem quer modelar o corpo sem frequentar a massividade das academias



1.jpg
Atividade visa a perda de peso e a tonificação dos músculos, sem perder a naturalidade
15/01/2013 às 09:11

A ditadura exercida pela academia, em espaços físicos fechados, parece estar sendo substituída. Novos métodos e atividades despontam no rol de bem estar visado pela sociedade, e acaba dando lugar a práticas mais alternativas para quem quer cuidar do corpo de forma mais natural.

Em Manaus, uma atividade já reproduzida em estados como Rio de Janeiro, Ceará e Rio Grande do Norte tem gerado vários adeptos. Trata-se do Treinamento Funcional, que consiste em mesclar diversas categorias de exercícios físicos ao ar livre em campos de areia, ideais para quem quer modelar o corpo sem frequentar a massividade das academias.

O educador físico Rogério Mello, 31, é o desenvolvedor do treinamento funcional em Manaus, por meio da empresa RM Personal, responsável pela aplicação da atividade. O treinamento possui nove meses na capital amazonense. “É uma atividade física como outra qualquer, e visa a parte mais aeróbica, gerando o fortalecimento do tornozelo, do joelho, enfim, um fortalecimento muscular total e maior”, afirmou o treinador.


Premissa

Segundo Mello, o foco do treinamento é ‘enxugar’ o corpo e trabalhar a parte aeróbica de exercícios físicos. “Mas não deixa de valor à parte abdominal, e atua com aulas localizadas, aulas com extensores, com elásticos. Chegamos a utilizar a parte de isometria do método de Pilates para incitar o fortalecimento muscular”, apontou o educador físico.

Inserido no público de adeptos do treinamento, há crianças de oito anos até idosos de 64, conforme Rogério. O principal questionamento de quem chega querendo participar da série de exercícios é a perda de peso e a tonificação dos músculos, sem perder a naturalidade.

“Trabalhamos muito com hipertrofia nas academias. Aqui, nós trabalhamos a hipertrofia de forma bem movimentada, e é por isso que dá o tônus muscular da chamada massa magra e vai eliminando as gorduras localizadas também, visando a parte muscular do corpo, tanto dos membros inferiores quanto dos superiores”, contou o personal.


O treinamento funcional ocorre nas areias do CSU, localizado no bairro Parque 10 de Novembro, Zona Centro-Sul, de acordo com Rogério. Desde março, período em que despontou, a atividade já contou com a participação de 700 pessoas. Mensalmente, mensura-se a participação ativa de 80 a 100 pessoas. Os treinos podem ocorrer diariamente ou três vezes na semana.

“De manhã há uma turma do horário de 7h às 9h, e de tarde o treinamento acontece das 16h30 às 20h30. Em 15 dias já podemos ver os resultados. Você fica com algumas dores, com certeza, o que faz parte da atividade na areia, e em relação ao condicionamento físico, flexibilidade, são os ganhos mais rápidos. Parte do percentual de gordura é percebida de 30 a 60 dias, por conta de a perda calórica ser muito grande. Se trabalha muito com o tendão de Aquiles, panturrilha, tíbio inferior, ou seja, para os membros inferiores o exercício é muito puxado”, destacou o educador físico.

Ambiente de treino


O ambiente de treino é composto por minicircuitos montados sobre a areia, que utilizam cones, cordas, elásticos, bambolês, tensores, barras, alteres, bolas suíças, escadas, estacas, colchonetes e camas elásticas, com acompanhamento diário e avaliações físicas periódicas, conforme Mello. Agachamentos, abdominais e levantamento de peso de pequeno porte também estão presentes na série de atividades do treinamento funcional.

“Cada um trabalha um processo. No primeiro destaque (circuito), trabalhamos a lateralidade, a coordenação motora, sem encostar na estaca. O pino, pelo fato de ser em pontinha de pé, acabamos trabalhando certinho, dentro dos quadradinhos, sempre com um salto, para ganhar força nas pernas e ganhar musculatura. E nas outras movimentações do circuito há a queima calórica, o ato de suar, de ativar o metabolismo”, confirmou o treinador.

Aos interessados em participar do treinamento funcional, basta comparecer ao CSU do Parque 10, das 7h às 9h pela manhã ou das 16h30 às 20h30, para fazer um treino experimental, ou ligar para os números (92) 8114-0546 e (92) 9113-2303. O cliente tem a opção de montar o seu horário e seus dias de treino. Os valores então entre R$ 50 (por semana) e R$ 200 (mensais), incluindo as avaliações de ingresso e de adaptação. “Se o cliente optar por fazer todos os dias, o valor mensal sai em R$ 250”, informou o personal.

“Nas avaliações, vamos mensurar a parte de bíceps, tríceps, abdômem, panturrilha, ombro, coxa, e o Índice de Massa Corporal (IMC), para sabermos qual o peso ideal. Antes, o médico deve ser consultado, para as avaliações de saúde”, finalizou Rogério Mello.

Resultados


A funcionária pública Tatiana Baraúna, 28, pratica há oito meses o treinamento funcional. Um dos motivos que a fizeram ingressar na atividade física foi justamente por não gostar de academia. “Há muito tempo atrás fiz natação, fui atleta, mas havia parado total. Tive neném, parei por um dois anos e voltei com o treinamento funcional”, disse Tatiana.

A disposição física melhorada, segundo Baraúna, é um dos benefícios proporcionados pelo treinamento. “Vi muitas melhoras ao participar da atividade, como rendimento físico melhorado, até mesmo o próprio corpo. Minhas medidas diminuíram bastante, pois vi que não tava conseguindo perdê-las só com a alimentação. Não adianta fazer o treinamento e não associá-lo com uma boa alimentação”, garantiu ela, que aderiu aos exercícios para voltar ao corpo que tinha antes de ter o filho.

Tatiana perdeu de 4 a 5 kg desde que participa do treinamento funcional, no CSU do Parque Dez. “Normalmente faço de 8 a 10 séries (por circuito). Normalmente o treinador pede para iniciantes fazerem de 4 a 6 séries, de 6 a 8 séries”, completou Baraúna.

Serviço


O que é: Treinamento funcional

Onde: CSU do Parque 10

Quanto: R$ 50 (semana); R$ 200 (mensais) R$ 250 (mensais diários)

Contatos: Rogério Mello (educador físico da RM Personal) - (92) 8114-0546

Confira o site da RM Personal clicando aqui e o facebook da empresa aqui


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.