Sexta-feira, 03 de Abril de 2020
OSCAR 2020

Trump critica Oscar de melhor filme a sul-coreano 'Parasita'

“Quão ruim foi o Oscar deste ano?”, indagou Trump no comício em Colorado Springs, no Colorado. Imitando um apresentador da cerimônia, ele disse: “E o vencedor é um filme da Coreia do Sul”



KEVIN_LAMARQUE_REUTERS_033322FA-11A9-41E0-981D-EC499F7321B4.JPG Foto: Kevin Lamarque
22/02/2020 às 15:38

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ridicularizou o Oscar histórico de melhor filme concedido ao sul-coreano “Parasita”, dizendo em um comício de campanha de reeleição que gostaria da volta de clássicos de Hollywood como “... E o Vento Levou”, de 1939.

“Parasita”, uma sátira social mordaz sobre a disparidade entre ricos e pobres na Seul moderna, se tornou no início deste mês o primeiro filme não falado em inglês a receber o principal prêmio de Hollywood. Ele ainda rendeu as estatuetas de melhor diretor e roteiro original para Bong Joon Ho e de melhor filme estrangeiro.



“Quão ruim foi o Oscar deste ano?”, indagou Trump no comício em Colorado Springs, no Colorado. Imitando um apresentador da cerimônia, ele disse: “E o vencedor é um filme da Coreia do Sul”.

“Que diabo foi aquilo? Temos bastante problemas com a Coreia do Sul, com o comércio. E depois de tudo isso, dão a eles o melhor filme?”, acrescentou Trump.

“Podemos ter ‘... E o Vento Levou’ de volta, por favor?”, disse ele aos milhares de apoiadores, referindo-se ao filme sobre o sul dos EUA durante a Guerra Civil que recebeu o Oscar de melhor filme 80 anos atrás.

Trump também desdenhou de Brad Pitt, que ganhou um Oscar de melhor ator coadjuvante por “Era uma Vez... em Hollywood.” Pitt disse em seu discurso de agradecimento que teve mais tempo para falar, 45 segundos, do que o ex-conselheiro de Segurança Nacional John Bolton no julgamento de impeachment de Trump no Senado.

“Nunca fui um grande fã dele”, disse Trump sobre Pitt.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.