Publicidade
Entretenimento
Vida

Versões brasileiras de músicas internacionais ficam mais famosas que as originais

A música,“Mordida de Amor”, ícone brasileiro das produções oitentistas consideradas “bregas”, é uma regravação de “Love Bites” do grupo inglês Def Leppard 03/09/2013 às 14:41
Show 1
A banda Yahoo fará show nessa quarta-feira (4) no Clube Municipal
Loyana Camelo ---

Trilha sonora da novela da Globo “Sangue Bom”, “Mordida de Amor” é um clássico dos anos 80 cantado pela banda Yahoo – que comemorou há pouco 25 anos de carreira e fará show nesta quarta-feira (04) no Clube Municipal. A música, ícone brasileiro das produções oitentistas consideradas “bregas”, em verdade, é uma regravação de “Love Bites” do grupo inglês Def Leppard. “Mordida de Amor” é apenas um exemplo da criatividade brasileira em remodelar composições estrangeiras, que por aqui se tornam tão bem-sucedidas a ponto de tornarem Lado B a própria matéria-prima de onde foram extraídas.

As famosas versões brasileiras “aportuguesam” hits de maneira bem original. Algumas, como a que deu fama ao Yahoo, apenas traduzem literalmente a música, enquanto outras criam histórias diversas em cima da melodia. É o caso de “Vou de Táxi”, de Angélica. A letra narra uma história de amor adolescente (a apresentadora, na época, tinha 15 anos), enquanto a versão original, “Joe Le Taxi” cantada pela francesa Vanessa Paradis (ex-esposa do ator Johnny Depp) conta da amizade com um taxista. A canção fez tanto sucesso por aqui que pouca gente sabe da sua origem.

Considerado o “rei das cópias”, o cantor Latino faz honra a sua pecha. Ele alcançou a fama em cima de muita melodia copiada, dentre estas “Festa no Apê”, versão de “Dragostea Din Tei”, de O-Zone; “Sem noção” veio de “Chacarron Mocaron”, do El Chombo; “Selinho na Boca” com a Perlla é a “Kiss kiss” de Tarkan; “Dança Kuduro” é a tradução da “Danza Kuduro”, Don Omar e Lucenzo e “Despedida de Solteiro”, a mais recente, emana de “Gangnam Style” do Psy.

Ritmos distintos

As versões brasileiras também não estão engessadas ao ritmo de origem. Um exemplo é a canção “Agora Estou Sofrendo”, regravada pela banda sergipana de forró Calcinha Preta, é em verdade “Bleeding Heart” do grupo de heavy metal melódico Angra (de SP).

“Eu juro”, que ficou famosíssima na voz da dupla sertaneja Leandro & Leonardo, foi inspirada em “I swear” (o título é literal) de All-4-One, um grupo de R&B americano. Os irmãos ainda deram sua versão para “Wonderful Tonight”, de Eric Clapton, batizada de “Essa Noite Foi Maravilhosa”.

plágio?A questão do plágio é sempre suscitada quando se fala de versões ou regravações. No entendimento da justiça brasileira, não há um padrão fechado do que caracterize este crime contra a propriedade intelectual: é preciso uma perícia técnico-judicial fazer a comparação entre os elementos coincidentes entre as duas obras. Claro que isso só aplica a casos sem a devida autorização do autor. Em todo caso, as versões brasileiras são as provas de que não há limites para a criatividade brasileira.


Versões famosas

“Quatro Semanas de Amor”, de Luan e Vanessa = “Sealed with a Kiss”, The Four Voices

“Feche os Olhos e Sinta” de Renato e seus Blue Caps = “All My Loving, The Beatles

“Zero a Zero” de Seu Jorge = “Rebel Rebel” de David Bowie

“Marvin” dos Titãs = “Patches” de Clarence Carter

“Como Uma Deusa”, de Rosana = “The Power of Love” de Jennifer Rush

“Anjo”, do Yahoo = “Angel” do Aerosmith


Serviço

O que: Festa “Municipal Pop Rock Disco Anos 80” com bandas Yahoo, Official 80 e Critical Age

Onde: Clube Municipal (Av. Torquato Tapajós, 361, Bairro da Paz)

Quando: quarta-feira, a partir das 22h

Quanto: R$ 25 (meia)

Info’s: 36512283 / 91424354

Publicidade
Publicidade