Quarta-feira, 03 de Junho de 2020
LANCE

Violão de Kurt Cobain no 'MTV Unplugged' vai à leilão com estimativa de US$1 mi

O violão vem com caixa amassada, cujo compartimento de armazenamento contém uma pequena bolsa de camurça onde o músico teria escondido heroína, substância em que era viciado durante seus últimos anos



REPRODU__O_viol_o_AFE3BA04-A18F-4C26-B45B-BF5A44DCA2FB.JPG Foto: Reprodução
11/05/2020 às 12:57

Um casaco cardigã de Kurt Cobain foi vendido por um recorde de 334 mil dólares no ano passado. Agora, o violão que o roqueiro usou no “MTV Unplugged” do Nirvana, apenas cinco meses antes de sua morte, deve arrecadar cerca de 1 milhão de dólares em um leilão em junho.

A Julien’s Auctions informou nesta segunda-feira que o violão Martin D-18E, de 1959, que Cobain tocou na gravação ao vivo de 1993 está à venda. O violão vem com caixa amassada, cujo compartimento de armazenamento contém uma pequena bolsa de camurça onde o músico teria escondido heroína, substância em que era viciado durante seus últimos anos.



O líder do Nirvana gravou a sessão “Unplugged” em novembro de 1993. Cobain foi encontrado morto, aos 27 anos, por um tiro disparado por ele mesmo em sua casa em Seattle, em abril de 1994.

O executivo-chefe da Julien, Darren Julien, disse que o violão “ganhou seu lugar na história como instrumento tocado por um dos músicos e ícones mais influentes do rock em uma das maiores e mais memoráveis ​​performances ao vivo de todos os tempos.”

O álbum “MTV Unplugged in New York”, com versões acústicas de faixas como “About a Girl”, “Apologies” e uma versão cover de “The Man Who Sold the World”, de David Bowie, foi lançado após a morte de Cobain, liderou a parada Billboard e ganhou um Grammy.

O cardigã verde oliva usado por Cobain na gravação foi vendido por 334 mil dólares em um leilão realizado em outubro de 2019, o que a Julien’s afirmou ser um recorde mundial para um casaco deste tipo.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.