Publicidade
Entretenimento
Buzz

Vítima de racismo nas redes, Taís Araújo acionará a Polícia Federal para identificar criminosos

'Agradeço aos milhares que vieram dar apoio, denunciaram comigo esses perfis e mostraram ao mundo que qualquer forma de preconceito é cafona e criminosa', agradeceu a atriz após apoio de internautas 01/11/2015 às 18:19
Show 1
Ataques começaram no dia 31 de outubro
acritica.com ---

Alvo de diversos ataques racistas nos últimos dias, a atriz Taís Araújo vai acionar a Polícia Federal denunciar os racistas. Segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, o diretor do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), Ronaldo Oliveira, determinou neste domingo (1°) à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) a instauração de um inquérito para apurar o crime de racismo.

A maioria dos comentários deprecia a aparência da artista. “Cabelo de esfregão”, “negra escrota”, “com esse cabelo dá pra lavar a Globo inteira”, “parece um animal” foram algumas das mensagens deixadas pelos agressores, muitos deles escondidos por trás de perfis fakes.

Em contrapartida, os fãs de Taís criticaram o ódio e o preconceito disseminados na rede social e defenderam a atriz como uma das maiores representantes da beleza negra no Brasil. “Continuam nos atacando porque sentem medo de perder esse monte de privilégios nojentos que têm. Aceitem e chorem porque o choro é livre”, escreveu uma internauta.

"É muito chato, em 2015, ainda ter que falar sobre isso, mas não podemos nos calar. Na última noite, recebi uma série de ataques racistas na minha página. Absolutamente tudo está registrado e será enviado à Polícia Federal. Eu não vou apagar nenhum desses comentários. Faço questão que todos sintam o mesmo que eu senti: a vergonha de ainda ter gente covarde e pequena neste país, além do sentimento de pena dessa gente tão pobre de espírito. Não vou me intimidar, tampouco abaixar a cabeça", escreveu a atriz em nova publicação, em resposta aos ataques.

"Agradeço aos milhares que vieram dar apoio, denunciaram comigo esses perfis e mostraram ao mundo que qualquer forma de preconceito é cafona e criminosa. E quero que esse episódio sirva de exemplo: sempre que você encontrar qualquer forma de discriminação, denuncie. Não se cale, mostre que você não tem vergonha de ser o que é e continue incomodando os covardes. Só assim vamos construir um Brasil mais civilizado.A minha única resposta pra isso é o amor!", completou Taís no post.

Publicidade
Publicidade