Publicidade
Entretenimento
Carnaval

Viviane Araújo veste peças de artista amazonense nos ensaios das escolas do Rio e São Paulo

A atriz global e musa do Carnaval usou modelos produzidos pelo amazonense Jean Carlos nos ensaios da Salgueiro e Mancha Verde 12/02/2015 às 10:47
Show 1
Viviane Araújo com modelo do artista amazonense em ensaio da Mancha Verde
Rosiel Mendonça Manaus (AM)

Uma das maiores musas do Carnaval brasileiro, a modelo e atriz Viviane Araújo atraiu todas as atenções para a sua performance durante o ensaio técnico da escola de samba paulista Mancha Verde, na última sexta-feira (6). Rainha da bateria da agremiação há 10 anos, a carioca apareceu com um vestido “superdecotado” que foi destaque em vários portais da Internet.“Vestido deuso do querido @jean2oficial! Amei!”, escreveu Viviane em uma das várias fotos que publicou no Instagram. A peça, ao estilo “pele sobre pele” e com apliques de cristais em renda, foi criada exclusivamente para a beldade pelo artista amazonense Jean Carlos, de 28 anos, conhecido por vestir as principais rainhas e madrinhas do Carnaval manauara.

Jean Carlos atua há cerca de cinco anos na criação de indumentárias “luxo” (Foto: Evandro Seixas)

Dias antes, a musa já havia vestido outra criação assinada por Jean num ensaio da bateria “Furiosa” da Acadêmicos do Salgueiro – daquela vez, a transparência de um cropped na cor rubra da escola deixou à mostra a boa forma de Viviane. Nascido e criado na Praça 14, bairro com tradição em samba, o artista conta que esse encontro só foi possível com uma ajudinha das redes sociais.

Tudo começou pelo Facebook. “Comentei uma foto dela dizendo que estava linda, aí o presidente do fã-clube e assessor dela, o Pedro Henrique, foi atrás de conhecer mais o meu trabalho e chegou até o meu Instagram. Então ele entrou em contato me convidando para ir até o Rio levar um presente para a Viviane. Foi assim que fiz o cropped vermelho, um trabalho diferente e bem cavado que foi uma explosão”, relembra.

 DIVULGAÇÃO

Depois disso, Viviane se encantou pelo trabalho do amazonense e resolveu estender o convite ao artista de Manaus, que também acabou produzindo o look para o ensaio da Mancha Verde. “Quem faz a roupa dela é o Guilherme Alves, mas ela deixou de usar uma que já estava pronta para usar o meu vestido”, gaba-se Jean, que conheceu o camarote da musa, assim como o Projac, onde deu entrevista para a Rádio Globo. “Ela meio que me apadrinhou e prometeu me ajudar a divulgar meu trabalho”, emenda. Ele conta que só não vestiu a atriz Cris Vianna, rainha da Imperatriz, porque não teve tempo hábil, mas esse é um sinal de que o marketing deu certo.

“Para as escolas do Rio de Janeiro e São Paulo, os ensaios são os momentos mais importantes antes dos desfiles na avenida, então foi uma sensação mágica poder participar disso”. E completa: “Estou no ramo artístico das roupas e fantasias de luxo há cinco anos, sempre procurando inovar e apostando no diferente, por isso essas duas últimas semanas foram muito importantes para mim porque vesti uma pessoa que é referência nacional em Carnaval. No Rio de Janeiro, a Viviane é tida como a rainha das rainhas e serve de influência até mesmo para Sabrina Sato e Claudia Leitte”.

TRAJETÓRIA

Jean Carlos começou a exercitar a criatividade nas cirandas de Manaus, que já o elegeram como o melhor estilista de cirandas da cidade. No ano passado, ele realizou um sonho ao ser convidado para produzir as roupas do Grêmio Recreativo Guerreiros Mura, uma das concorrentes do Festival de Cirandas de Manacapuru, no interior do Estado.Atualmente, ele faz trabalhos para escolas de samba como Vitória Régia, Aparecida, Alvorada e Império da Kamélia. Para a verde-e-rosa de Manaus, ele assinou todas as fantasias do quinto carro alegórico que a agremiação vai desfilar no Carnaval deste ano.

Publicidade
Publicidade