Publicidade
Entretenimento
Buzz

Vocalista da banda Creed, Scott Stapp ameaça matar presidente dos EUA, Barack Obama, diz site

Após ser internado e sair de uma clínica psiquiátrica, o cantor Scott Stapp teria dito que era um agente da CIA e que sua missão era matar Obama 12/12/2014 às 13:14
Show 1
Scott Stapp acusou sua ex-mulher de roubo e que queria mantê-lo preso
acritica.com* ---

Depois do site “TMZ” noticiar que o vocalista da banda Creed, Scott Stapp, esteve internado durante três dias em uma clínica psiquiátrica, desta vez o mesmo site informou que o astro de rock ameaçou matar o presidente norte-americano Barack Obama.

Segundo o site, as declarações do cantor preocuparam sua ex-mulher, Jaclyn, e sua ex-cunhada, que chamaram a polícia para contê-lo.

Ao sair da clínica ainda transtornado, Scott ficou dizendo que era um agente da CIA e que sua missão era matar Obama, afirmou sua ex-cunhada ao dizer que presenciou o relato.  

Depois, Jaclyn disse durante ligação à polícia que o cantor imprimiu entre 400 e 600 páginas de supostos documentos da CIA, que encontrou online antes de sair de casa. As duas mulheres pediam que as autoridades internassem Stapp novamente no hospital psiquiátrico.

Em meio a confusão, o cantor também ligou para a polícia e acusou Jaclyn de roubar sua caminhonete.  Quando os policiais finalmente chegaram para conter Stapp, o cantor disse que a ex-mulher tomou US$ 6 milhões dele e que, por isso, queria mantê-lo preso. Contudo, as autoridades avaliaram que o artista não apresentava sinais suficientes de instabilidade mental e não efetivaram nenhuma internação.

Jaclyn já entrou na Justiça com uma ação pedindo que o cantor seja internado, alegando que ele tem delírios e está sob a influência de várias drogas, incluindo cocaína, maconha e metanfetaminas.

Parte da situação de Scott Stapp veio à tona quando ele postou um vídeo no site oficial da banda Creed, dizendo que estava sem dinheiro e que às vezes passava fome e ficava sem ter onde morar.

*Com informações do site UOL

Publicidade
Publicidade