Publicidade
Entretenimento
Vida

Voluntários levam 'Mais Amor' para ruas da capital amazonense no dia 31 de dezembro

A proposta de um grupo de voluntários da capital é levar rosas, abraços e demonstrações de afeto para marcar a véspera de Ano Novo no Centro de Manaus, reunindo o maior número de pessoas dispostas a fazer o bem 30/12/2014 às 09:39
Show 1
Voluntários levam Mais Amor para ruas da capital amazonense
Cynthia Blink ---

Pela primeira vez, Manaus participará do movimento “Mais Amor”. O evento nasceu em Recife (PE) há quatro anos e tem o objetivo de resgatar a empatia das pessoas, ou seja, a capacidade de ser preocupar com o outro. Para isso, os adeptos do “Mais amor”, em 20 cidades brasileiras, saem nas ruas e avenidas “distribuindo amor”, levando palavras repletas de fé e esperança a todos que encontram pelo caminho, todas as manhãs de 31 de dezembro.

Em Manaus, eles entregarão rosas e distribuirão abraços e demonstrações de amor e afeto. É assim que eles prometem marcar a véspera de Ano Novo no Centro. “É uma forma de mostrar para as pessoas que, apesar de vivermos em um mundo acelerado, onde todos estão correndo para cumprir os seus afazeres, não podemos permitir que as pessoas se tornem invisíveis para nós. Esse egoísmo é prejudicial para a sociedade”, explica o coordenador do “Mais Amor Manaus”, Marcelo Cabral, 49, professor e pesquisador da Universidade Estadual do Amazonas (UEA).

O coordenador faz questão de esclarecer que o “Mais amor Manaus” não tem qualquer envolvimento com partido político ou igreja. “É uma iniciativa da ONG de empreendedorismo social Novo Jeito, que realiza esse movimento”, diz Cabral.

Quer aderir?

Para participar do movimento, que acontece amanhã, véspera de Ano Novo, basta ir para o Largo de São Sebastião, no Centro, às 8h, com uma camisa branca e bem preparado para distribuir sorrisos, abraços e muito amor ao próximo. “Não vamos causar nenhum caos. Vamos nos deslocar utilizando as calçadas e respeitar os semáforos, exatamente como acontece em outras capitais”, esclareceu Cabral.Mais amor, por favor“Não há expectativas ou metas, nós queremos dar e receber amor, a única linguagem que todo o mundo entende”, diz Ricardo Serudo, um dos participantes do “Mais Amor Manaus”, que disse estar surpreso com a aceitação das pessoas ao movimento. “Só ouvimos ‘sim’ quando chamamos os amigos para participar. Acho que todos estão cansados dessa sociedade individualista e acham genial o ‘Mais Amor’, uma ideia que celebra o amor”, avalia Serudo, professor da UEA.

Para Patrícia Rocha, é engraçado e bonito ver a reação das pessoas diante do “Mais Amor”. Ela participou de um “esquenta” e aprovou a experiência. “Tem gente que não acredita e pergunta quanto custa o chocolate. Depois estranha o abraço, mas aceita e fica feliz. Outras pessoas são mais descontraídas e até confessam que precisavam de um abraço e agradecem. Faz bem para nós também, saímos com recordações lindas”, diz, sorrindo, a administradora pública.

Em números

20 cidades brasileiras já abraçaram o “Mais Amor” e, em 2014, Manaus estreia sua participação. O movimento nasceu em Recife (PE), onde acontece há 4 anos, em toda manhã do dia 31, véspera de Ano Novo. De acordo com os organizadores, é a melhor maneira de finalizar 2014.

Camisetas

Para colaborar com o projeto, além de comparecer no evento, é possível adquirir uma camiseta do “Mais Amor Manaus”, no valor de R$ 25. É muito importante enfatizar que a camisa não é uma peça obrigatória para participar do evento de amanhã, dia 31 de dezembro.Pontos de vendaSão dois os pontos de vendas da camiseta do Mais Amor Manaus: A Escola Superior de Tecnologia da UEA (antiga Utam), na Avenida Darcy Vargas nº 1200, Saguão de entrada e Sala A-30, das 8h às 18h, e na Clínica de Podologia Cia dos Pés, na Boulevard Álvaro Maia, nº 1239 , Praça 14, próximo à rua Major Gabriel, das 9h às 17h.

Publicidade
Publicidade