Publicidade
Entretenimento
NOITE DE LOUVOR

Voz, piano e poesia na apresentação de Laura Souguellis nesta quinta (16), em Manaus

Primeira apresentação da cantora na cidade será às 19h30, no Teatro Manauara. Entre as canções mais esperadas estão “Em Teus Braços” e a versão de “Holy Spirit” (“Santo Espírito”) que tornou a paulista conhecida no Brasil 16/03/2017 às 05:00
Show zbv0316 001f
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Quem conhece a voz delicada e singular de Laura Souguellis, 26, apenas em vídeos ou CDs terá a chance de ouvi-la pessoalmente. Ela estará pela primeira vez em Manaus, nesta quinta-feira (16), com apresentação única, às 19h30, no Teatro Manauara. Entre as canções mais esperadas estão a autoral “Em Teus Braços” e a versão de “Holy Spirit” (“Santo Espírito”) que tornou a paulista conhecida no Brasil. 

“Eu não escrevia composições, mas declarações de fé. Deus era e ainda é tudo o que eu tenho. Algumas dessas poesias viravam canções, mas eu quase não mostrava para ninguém. Muitas eram em inglês, que depois eu passei para português”, revelou a cantora, que aprendeu a tocar piano e violão na pré-adolescência. “Fui batizada com 11 anos de idade e comecei a corresponder ao chamado de Deus. Senti Deus me trazendo para Ele”, completou.

Aos 13 anos de idade, veio a notícia da morte do pai por ataque fulminante do coração. Três anos depois, perdeu a mãe vítima de uma hemorragia no intestino. Na época da faculdade, sofreu com o fim de um noivado. Para ela, foram acontecimentos difíceis, mas que a levaram para mais perto de Deus, com foco no “caderninho” particular e no louvor.

“Meus pais eram separados desde que eu tinha 2 anos de idade e já existia uma lacuna da paternidade na minha vida. Dizemos ‘Deus é Pai’, mas ‘como se Ele é espírito e eu estou no físico?’ e ‘como Ele vai ser meu Pai?’. São as circunstâncias, as coisas que acontecem ao redor. Elas me moldavam, me ensinavam. Ser um 'filho amado' não te isenta de dores, mas te dá uma razão do porquê se portar diante das dores com esperança no amor do Pai”, afirmou.

Em 2013, surgiu o convite para o programa on-line do “Fornalha Dunamis”, em São Paulo. “Na primeira vez que gravei o programa, fiz versões de músicas em inglês que eu gostava, um repertório para uma conferência da igreja que eu cantava”, lembrou.

Sucesso

Quase dois anos após a participação no projeto, Laura aceitou um novo convite do projeto. Desta vez, decidiu “ousar” e compartilhar as próprias composições, “Amor Que Enche”, “Filho Amado”, “Em Teus Braços”, entre outras. O sucesso foi quase instantâneo, com alguns dos vídeos ultrapassando a marca de 20 milhões de visualizações e gerando convites para eventos de igrejas de todo o País e até do exterior.

“Não sabia se as pessoas iam gostar das minhas músicas. ‘Em Teus braços’ é uma música que tenho há anos”, confessa a cantora. “Deus foi me ‘empurrando’, porque eu mesma nunca gravei CD. Eu nunca quis sucesso, estava em busca do meu destino. Para minha surpresa, a resposta foi ainda maior. Eram as minhas canções. E deu muito certo, mais pessoas foram conhecendo”, completou.

Publicidade
Publicidade