Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019
Vida

Yoga e Pilates fora do solo ganham adeptos em Manaus

A ausência de contato com o solo sugere momentos de conexão consigo mesmo, assim indica a fisioterapeuta Genifer Formiga, que decidiu abrir o estúdio Bellaforma Pilates na capital amazonense



1.gif Professora de aeropilates, Genifer acompanha uma de suas mais antigas alunas: Valentina Ricardo
07/02/2015 às 22:53

Já diz o ditado: “mente sã, corpo são”. Por exigirem muita concentração e esforço para realizar os movimentos, atividades como yoga e pilates exemplificam perfeitamente essa máxima. Como resultado da combinação, os praticantes dessas modalidades têm, além de melhora na saúde, uma sensação de paz de espírito, mesmo que momentânea.

O fato de tirar os pés do chão não é à toa: a ausência de contato com o solo sugere momentos de conexão consigo mesmo, seja através da tranquilidade do ambiente ou da própria respiração. Agora, o que acontece quando esses exercícios são colocados em suspensão? Ou combinados com outras modalidades que exigem mais equilíbrio e esforço, como o Stand Up Paddle (SUP), Slackline e tecido aéreo?



AEROPILATES

Há seis anos a fisioterapeuta Genifer Formiga decidiu abrir o estúdio Bellaforma Pilates. Desde essa época, ela viaja constantemente para feiras, cursos e congressos envolvendo profissionais da área com a intenção de se atualizar. No seu último curso, em São Paulo, em outubro de 2014, conheceu o aeropilates. Completou o curso, comprou os equipamentos e trouxe a novidade para Manaus. Os alunos aprovaram a iniciativa e o aeropilates foi inserido às aulas de pilates comum. Com ajuda de um aparelho de tecidos, os exercícios do pilates são executados no ar.

Segundo Genifer, muitos alunos já procuraram seu estúdio exclusivamente por conta do aeropilates. “É uma atividade que chama atenção de quem pratica e até de quem nunca praticou pilates. O aeropilares oferece para os alunos os mesmos benefícios do pilates e mais que isso, foge do comum, é uma atividade diferenciada e que fortalece o corpo, ajuda na respiração e relaxa, melhora a coluna e a flexibilidade também”.

‘SLACK YOGA’

O slackline é uma fita de nylon estreita e maleável. Seus praticantes podem andar e até mesmo fazer manobras sobre a fita. Em Manaus, a atividade tornou-se cada vez mais comum em locais abertos como parques. Um dos amazonenses apaixonados pelo slackline é o estudante Nil Nepomuceno, que pratica há três anos e, mais recentemente, passou também a treinar posições de yoga e praticar a meditação sobre a fita.

“Comecei a praticar o slack yoga vendo meus amigos e também olhando vídeos na Internet. É preciso muito equilíbrio e concentração. É sempre bom que o local pra praticar seja tranquilo. Eu e minha equipe gostamos de tirar um final de semana e ir pra Presidente Figueiredo, sempre que dá a gente faz isso”, afirma Nil, que posterior aos movimentos de yoga no slackline decidiu também participar das aulas de yoga no chão.

Segundo ele, as aulas o ajudaram a melhorar o seu desempenho na fita. “Fazer o yoga na fita aumenta o nível de dificuldade, então a concentração tem que ser maior. Eu percebo melhora na resposta, nos músculos...é muito bom pro corpo”, defende.

SUP YOGA

O Stand Up Paddle (SUP) está visivelmente difundido em Manaus e, a cada final de semana se consolida como um esporte e uma atividade de lazer presente no gosto dos manauaras.

Professora de yoga há quase 10 anos e moradora do Município de Presidente Figueiredo, não há dúvidas que as ligações de Fabiane Sales com a natureza são estreitas e especiais.

A partir disso, o proprietário da Guarderia Tribal Sup, Pablo Casado, organizou juntamente com Fabiane aulas de SUP com Yoga.

“Oferecemos instruções tanto para manusear a prancha e o remo de SUP, além das próprias instruções da aula de yoga, então é tudo muito seguro. Também oferecemos colete”, afirma Salles. Segundo a professora, a atividade tem sido uma grande experiência profissional e rende vários elogios. “É uma grande oportunidade de investir no bem-estar, na convivência do ser humano entre a natureza, acaba sendo uma necessidade de que alguma iniciativa apoie o trabalho para que a gente possa dar continuidade” completou Fabiane.

As turmas de SUP Yoga são formadas de acordo com a quantidade de interessado e compatibilidade de horário. No momento, ainda não há periodicidade das aulas.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.