Publicidade
Entretenimento
Vida

Zizi Possi recebe Luiza em show em Manaus

As cantoras se encontram em Manaus, no dia 11 de junho, para o show "A Noite das Divas" no Dulcila Festas 30/05/2015 às 09:30
Show 1
Zizi Possi dividirá vocal com a filha em algumas canções, como 'Haja o que houver’ e ‘Cacos de amor’
Jony Clay Borges Manaus (AM)

Zizi Possi e sua filha Luiza têm carreiras e repertórios bem diferentes, mas vez por outra se encontram nos palcos. Uma dessas ocasiões acontecerá no espetáculo “A noite das divas”, no dia 11 de junho, no Dulcila Festas, quando Zizi receberá a filha para uma participação especial em seu show. Para Luiza, será mais uma – e bem-vinda – oportunidade para reencontrar a mãe.

“A gente sabe que pode contar sempre uma com a outra, mas a gente convive pouco. Eu viajo muito, ela também, cada uma corre atrás de suas coisas, e o palco é sempre uma ótima desculpa para a gente se ver”, afirma ela, em entrevista por telefone à reportagem. Em outra entrevista, por email, Zizi acrescenta que as duas já vêm tentando compor um show inteiro juntas há algum tempo. “Mas o que acontece é que minha menina tem trabalhado muuuuito! Quase não nos encontramos!”, reclama, em tom de brincadeira.

No palco do Dulcila, Luiza vai dividir os vocais com Zizi em algumas canções. “Cantamos juntas músicas que estão no repertório das duas, como ‘Haja o que houver’ e ‘Cacos de amor’”, comenta ela. Zizi antecipa ainda que a filha deve cantar sozinha “Pra te lembrar”, seu sucesso da novela das 19h. Todo o resto do show, ela diz, será de sua responsabilidade. “Mãe é mãe!”, brinca.

À parte as canções do show, mãe e filha revelam outras afinidades que resultam da vida comum, como conta Luiza: “Algumas coisas ela me apresentou, como Phil Collins, Maysa, Carpenters, Debussy, que eu ouço desde pequena. Mas gosto de coisas mais pop, que ela está aprendendo a gostar também. Já apresentei a ela Yael Naim, uma cantora israelense, e coisas de hip hop, R&B e por aí vai”.

Projetos musicais

Em separado, mãe e filha tocam inúmeros projetos musicais. Zizi adianta que está preparando um novo show com canções feitas para ela nos anos 1980 e que não emplacaram nas rádios. “Tenho pérolas feitas por Cazuza, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Djavan, Guilherme Arantes, além de inéditas de John Ulhoa e Zeca Baleiro”, revela.

Ela também hoje está montando um outro show com músicas que ouvia em sua juventude (veja o destaque), e trabalha na finalização de um projeto produzido por Zeca Baleiro, em que ela canta “mornas”. “Esse é o nome de um ritmo cabo-verdiano pelo qual sou apaixonada. O Zeca fez duas versões e uma inédita para mim, e a outra versão fizemos Chico César e eu”.

Zizi também trabalha no projeto de um espetáculo cênico-musical baseado em sua vivência da depressão, que enfrentou por conta de doenças e perdas na família. A cantora, que também dá palestras sobre essa experiência, vai reunir textos seus, do poeta Edu Ruiz e do filósofo Nietzsche no projeto, que terá roteiro e direção de seu irmão, José Possi Neto. “Para explorarmos com todo o respeito e abrangência que o tema merece. E de quebra, quem sabe, poder ajudar muita gente”, afirma.

Luiza, por sua vez, tem se dedicado principalmente ao Lab LP, seu canal no site de vídeos Youtube, lançado em outubro passado e que acaba de virar show. “Alimento toda semana com músicas novas, e em breve deveremos fazer um DVD do projeto”, comenta a artista, que pode ainda lançar um CD da iniciativa. “Estamos trabalhando, mas ainda não paramos para pensar ou arrumar algo”.

A Internet também permitiu a Luiza estreitar os laços com os fãs. “As redes sociais ajudam no aspecto de não ter interlocutor, de permitir aos fãs conhecer mais e se relacionar com o artista. Tento ter uma relação com eles como ser humano”, explica.

Zizi também é ciosa de sua relação com os fãs. “Meus fãs são extremamente carinhosos e cuidadosos comigo! Isso não tem Mastercard que pague!”, brinca ela, que finaliza deixando recado aos fãs de Manaus: “Pessoal manauara do meu coração, estou com saudades! Vou dar tudo de mim para apresentar um show lindo para vocês! Grande beijo e até lá!”.

Saiba +

Intimista

Além do show com canções dos anos 1980, Zizi Possi hoje prepara um espetáculo com músicas que ouvia antes de começar sua carreira nos palcos. “É um repertório que nunca cantei antes. São músicas que eu ouvia quando criança, quando adolescente, e até me transformar numa profissional”, diz. O show é especial para o Sesc Pompeia (SP), mas ela pensa em levar a outros lugares: “Tem muita coisa gostosa!”.

Outros pais e filhos que também dividem os microfones

Quando pais e filhos compartilham o gene musical, não raro acabam compartilhando também os palcos. Um exemplo atual é o de Fábio Jr. e Fiuk, que já se encontraram algumas vezes em shows e também na televisão – numa dessas, Fábio até cantou ao lado de Fiuk e Tainá, sua filha, também cantora. Outro exemplo é o de Zé Felipe e Leonardo: o jovem de 16 anos lançou a primeira turnê num show ao lado do pai sertanejo. Natalie Cole (foto acima) não teve a sorte de cantar ao lado de Nat King Cole (1919-1965), mas o dueto dos dois na canção “Unforgettable”, produzido por remasterização, foi um dos maiores sucessos dos anos 1990.

Serviço

O quê: Show “A noite das divas”, com Zizi Possi e participação especial de Luiza Possi

Onde: Dulcila Festas (Avenida Coronel Teixeira, 5.982, Ponta Negra)

Quando: Dia 11 de junho, quinta-feira, às 22h

Quanto: R$ 150, à venda na loja Aramis (Manauara Shopping)

Info: (92) 99122-5360

Publicidade
Publicidade