Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
Noite Garantido

Garantido traz emoção e história evocando raízes na arena

Bumbá começa a revisitar sua trajetória com espetáculo" Nascedouro e tradição" na arena



1.png Figura típica do Seringueiro será palco de um balé aéreo
28/06/2013 às 11:56

São 100 anos de Garantido. O bumbá vermelho de Parintins comemora o centenário com um espetáculo grandioso para narrar,ao longo de três noites,a trajetória do Boi desde seu nascedouro até a consagração no Festival Folclórico. Essa narrativa de História e emoção em tons vermelhos começa a ser contada hoje(28), às 20h, na arena do Bumbódromo, numa apresentação intitulada“Nascedouro e tradição”, dentro do tema principal que o bumbá defende este ano: “Garantido,o Boi do Centenário”.

Fazendo a abertura do 48ºFestival Folclórico de Parintins,a primeira noite doVermelho no Bumbódromo vai enfocar a infância de Lindolfo Monteverde. O espetáculo vai trazer à cena a Parintins dos primeiros anos do século 20 e os primeiros contatos com a brincadeira do boi do menino que viria a fundar o Garantido.“Nossa ideia é enfocar o nascedouro do Boi, a tradição e as influências que levaram o Lindolfo a criar esse boi com características únicas, reconhecendo também as influências nordestinas”,declara Fred Góes, presidente da Comissão de Artes.

Momentos


“Nascedouro e tradição”promete oferecer aos fãs do Garantido imagens deslumbrantes e momentos apoteóticos,mas o espetáculo inicia de forma singela e comovente, com a figura do menino Lindolfo tendo o seu primeiro contato com a arte,por meio doTambor, representado num módulo alegórico.

“O primeiro som que encanta o garoto é o tambor.Daí é que virá, mais tarde, a coisa de criar um brinquedo de boi”, conta Chico Cardoso, integrante da Comissão de artes.

A narrativa segue emocionando com a chegada de nordestinos a Parintins, atraídos pela borracha, trazendo reisados e outras festas,que vão marcar Lindolfo para sempre. “É a borracha, enfim, que coloca Lindolfo em contato com a cultura do boi-bumbá”, acrescenta Cardoso.

O cultivo do látex entra em cena com a Celebração Folclórica, que traz a réplica de uma das maiores expressões do fausto da borracha: o Teatro Amazonas. A alegoria concebida por Junior Feijó mais tarde se transforma para revelar a Floresta Amazônica, trazendo a Figura Típica Regional da primeira noite: o Seringueiro. Um dos destaques da alegoria é a participação de artistas da Índios.com Companhia de Dança, de Manaus, fazendo um balé aéreo simbolizando o látex.

Lenda e Ritual

Outro momento que promete empolgar a galera é o da Lenda Indígena do Mapinguari, quando entra em cena a grandiosa alegoria concebida pelo artista Roberto Reis.

Com 19metros de altura e 24 de boca de cena, a enorme estrutura requer 28 técnicos apenas para movimentar a figura principal. A alegoria também traz à arena a cunhã-Poranga Tatiane Barros.

A festa chega ao ápice com o Ritual Indígena dos Parintintin. Também grandiosa, a alegoria do artista Junior de Souza será palco de momentos surpreendentes, como a viagem do Pajé (André Nascimento) até a Maloca dos Espíritos em busca de cura para seus guerreiros feridos, e a luta entre Parintintins e Mundurukus.

De volta à tribo,o Pajé carrega consigo poderes trazidos do mundo dos espíritos – no que promete ser o apogeu da primeira noite, com incríveis efeitos especiais e surpresas que só serão vistas na arena.

Inovações

Uma das novidades na apresentação do Garantido é na parte sonora/musical. Abanda do bumbá terá número maior de integrantes – 21 ao todo. E o espetáculo como um todo dará foco maior à música, como assinala Cardoso: “Começamos a encarar o espetáculo como um musical,para que ele se torne menos massivo,menos chato, e para que a galera fique empolgada ao longo de duas horas”.

O bumbá promete ainda novidades na parte cênica, como reforço de bailarinos de Manaus, Santarém(PA),Maués e Barreirinha – 285 ao todo, que se somam aos 90 artistas do Garantido Show, e aos artistas de cênica (60) e da Vaqueirada (40).

As apresentações do Garantido no Festival seguem amanhã(29) com o tema “Resistência e fé”, e no domingo, com“Resistência e consagração”.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.