Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020
Especiais

SEC-AM recebe denúncia formal das diretorias dos bois-bumbás

A informação foi repasse por meio de uma nota de esclarecimento à imprensa. Os bois-bumbás Caprichoso e Garantido alegando suposta infração às regras de seleção dos membros da Comissão Julgadora do Festival



1.jpg Sorteio dos Estados de onde virão os jurados do Festival Folclórico de Parintins, com representantes dos dois bumbas e o secretario Robério Braga
27/06/2012 às 20:05

A Secretaria de Estado da Cultura (Sec) informa que recebeu, nesta quarta-feira (27), denúncia formal das diretorias dos bois-bumbás Caprichoso e Garantido alegando suposta infração às regras de seleção dos membros da Comissão Julgadora do 47º Festival Folclórico de Parintins.

O secretário Estadual de Cultura, Robério Braga, esclarece que a denúncia está sendo verificada e ressalta que entrou em contato com os presidentes do boi Garantido, Telo Pinto, e do boi Caprichoso, Márcia Baranda, e fez um apelo para que as diretorias dos bumbás contornem o problema, restabelecendo o processo de escolha dos jurados.



A Comissão Julgadora do Festival Folclórico de Parintins é composta por um presidente e nove jurados. Paraná, Paraíba e Sergipe foram os Estados sorteados e validados pelas diretorias dos dois bois para a visita presencial e análise dos currículos de candidatos a jurados. Para ser um jurado, exige-se comprovada atuação nas manifestações folclóricas e culturais brasileiras, com proibição de ter participado das edições anteriores do festival e de exercer cargos de primeiro e segundo escalão em instituições públicas Federal, Estadual e Municipal.

Os jurados ficam divididos em grupos de três, para a composição dos blocos A – jurados Comum/ Musical, B – Cênico/ Coreografia, e C – Artístico, sendo que cada cabine de jurados será composta por um representante de cada bloco. Estes deverão avaliar os 21 itens inscritos no caderno de votação. A nota mínima a ser conferida por cada jurado é oito e a máxima é 10, podendo ser fracionada na forma decimal.

Os itens de votação são: Apresentador; Levantador de Toadas; Batucada ou Marujada; Ritual Indígena; Porta-Estandarte; Amo do Boi; Sinhazinha da Fazenda; Rainha do Folclore; Cunhã Poranga; Boi Bumbá Evolução; Toada (letra e música); Pajé; Tribos Indígenas; Tuxauas; Figura Típica Regional; Alegoria; Lenda Amazônica; Vaqueirada; Galera; Coreografia; e Organização do Conjunto Folclórico.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.