Publicidade
Carnaval
PRIMEIRA VEZ

Caprichando nas fantasias, família de venezuelanos curte a festa no Sambódromo

Dançarino do Balé Folclórico trouxe família para Manaus por conta da crise venezuelana e todos mostram samba no pé 25/02/2017 às 22:26
Show whatsapp image 2017 02 25 at 22.18.02
Muita alegria e diversão na noite dos venezuelanos em Manaus (Foto: Laynna Feitoza)
Laynna Feitoza Manaus

Enquanto a escola de samba Andanças de Ciganos desfilava, nos corredores laterais da avenida um grupo se destacava pelas fantasias dignas de circo internacional. Tratavam-se dos artistas venezuelanos José Gregório, Violeta Perez, Luis Rondon e José Rondon, todos membros da mesma família, curtindo em alto estilo o desfile do grupo especial das Escolas de Samba manauaras.

José Gregório, fantasiado de Chapeleiro Maluco, mora em Manaus há 5 anos e é dançarino do balé folclórico do Amazonas. Ele conta que trouxe a família da Venezuela para morar em Manaus por conta da crise.

Ainda segundo ele, é a primeira vez que a família passa o Carnaval unida em Manaus. "Na Venezuela as festas de rua são muito diferentes. Lá a gente só brinca de jogar água nos outros", diverte-se ele. 

A irmã do dançarino, Violeta Perez, explica que veio ao Sambódromo fantasiado de Rainha do Fogo, personagem de um famoso filme venezuelano. Os demais familiares vieram fantasiados de tritão (a versão masculina das sereias) e de sambista maluco. "Aqui o Carnaval é só alegria, pura diversão", completa Violeta, mostrando que é boa de samba no pé.

Publicidade
Publicidade