Publicidade
Carnaval
Especiais

Caprichoso aposta na diversidade cultural enquanto o Garantido aposta na ligação com o Jubileu

Disputa pela conquista do Jubileu de Ouro do Festival Folclórico de Parintins promete ser acirrada entre os bois 31/05/2015 às 18:11
Show 1
Caprichoso e Garantido querem fazer história nos 50 anos do Festival Folclórico
jhonny lima ---

A disputa pela conquista do Jubileu de Ouro do Festival Folclórico de Parintins promete ser acirrada entre os bois Garantido e Caprichoso. Para levar a taça dos 50 anos do festival, o Boi da Baixa do São José e o Touro Negro vêm com temáticas que prometem envolver e encantar os amantes do boi-bumbá. O Garantido defende, do dia 26 a 28 de junho o tema “Vida”, enquanto que o Caprichoso apresenta a “Amazônia”.

O conselho de arte do Caprichoso buscou um tema que pudesse representar os 50 anos do Festival Folclórico. Dentre as opções discutidas nas reuniões do conselho de arte, nasceu “Amazônia”. Conforme o conselho, o tema selecionado representa a biodiversidade da fauna e flora; dos povos indígenas; lendas; além de despertar o imaginário do caboclo amazônico.

“Seria uma forma de agradecer a região que permitiu que nas suas entranhas tenha possibilitado o seu bojo ter surgido o Caprichoso. Estamos na ‘pegada’ dos 50 anos do festival e quisemos um tema que fosse rico”, enfatizou um dos membros do conselho de arte, Márcio Braz.

VIDA

Determinado a conquistar o tricampeonato logo na celebração dos 50 anos do Festival Folclórico, o boi Garantido aposta no tema “Vida” para vencer a disputa contra o Contrário. Com o tema lançado em dezembro de 2014, a nação vermelha e branca acredita que o triunfo do Jubileu de Ouro vai para a Baixa do São José.

“É um temais mais que oportuno, tem uma ligação umbilical com o Jubileu de Ouro, com o Folclórico de Parintins. O Garantido, ao longo desses 50 anos de história, deu um salto mais que positivo”, destacou o membro da comissão de artes do Boi Vermelho, Mencius Melo, ao acrescentar que dentre os vários títulos do Garantido, estão um pentacampeonato, dois tetras e vários tricampeonatos.

Assim como no tema de 2014 (“Fé”), Mencius ressalta que uma só palavra (“Vida”) define Garantido. “A paixão, envolvimento fervoroso com os torcedores, a capacidade de ser sintético, mas nem por isso pobre na sua mensagem e proposta. O Garantido é belo, plasticamente falando, musical, cênico e liberal”, enfatizou Melo.

Surpresas no bumbódromo

Para o membro do conselho de arte do Caprichoso, Márcio Braz, o tema “Amazônia”, acrescido com novidades que o boi levará para a arena, fará o espetáculo ser grandioso, colorido e surpreendente. Ele afirma que as pessoas, neste ano, vão notar um boi diferente, do ponto de vista técnico e cênico. “A galera pode esperar muitas surpresas na elaboração no formato cênico e artístico. Cada noite teremos um subtema e tenho certeza que vai encantar a nação azulada”, completou.

Ex-membro da comissão de artes do Garantido e hoje integrante do conselho de artes do Caprichoso, Chico Cardoso, destaca que o Touro Negro já tinha um tema aprovado pelo conselho, mas durante o processo de amadurecimento do tema, nasceu “Amazônia”.

“Fomos surpreendidos pelo tema, que exigiu percepção nova sobre a Amazônia. Parece um algo recorrente, mas jamais foi apresentado sem o acréscimo de nenhum adjetivo e conceito. Desde a “Amazônia Quaternária” (1997) só se falou sobre a preservação, a conservação para salvar o planeta, ainda não tinha olhado para o homem, para as criaturas que se formaram por todos esses anos”, explicou.

Resgate

Chico Cardoso ressalta que o Caprichoso, por meio do tema, resgatará os valores culturais dos povos que vieram para a Amazônia. “Negros, brancos, judeus e o índio que já estava por aqui. A ideia é extrair a alegria de todos esses povos e que geraram o Festival de Parintins.

Publicidade
Publicidade